Ciências Humanas>>>

Quer ser aprovado no vestibular? Obter sucesso no ENEM? VOCÊ ESTÁ NO LUGAR CERTO! Venha conhecer o espaço virtual construído para você!

1. (Cotil 2019) O crescimento desordenado, a falta de infraestrutura, os problemas sociais e a desonestidade de alguns acarretam um tipo de furto na rede elétrica conhecido como “gato”. Há dois tipos de “gato”:

1. Dos que alteram o medidor para pagarem menos energia elétrica do que realmente gastaram;
2. Dos que fazem ligações clandestinas na rede elétrica, puxando fios diretamente dos postes da rua para o interior das casas, sem pagar qualquer valor pela energia.

Em ambos os casos, a população é duplamente prejudicada: podem ocorrer interrupções no fornecimento, devido ao aumento descontrolado no consumo, e o valor correspondente a energia roubada é rateado pelos outros pagantes.
(Disponível em: www.mundodaeletrica.com.br/perigo-dos-gatos-na-rede-eletrica, acesso em 26/08/2018. Adaptado. Acessado em 18/09/18.)

Com base nas informações fornecidas, responda ao que se pede:

Um transformador, presente nos postes da rua, é dimensionado para atender a um determinado número de residências e poderá ter um mau funcionamento devido à sobrecarga, caso tenha que atender a uma carga extra de várias ligações clandestinas.

A função do transformador é:
a) transformar a corrente contínua (CC) em corrente alternada (AC).    
b) transformar a corrente alternada (AC) em corrente contínua (CC).    
c) baixar a alta tensão que vem das subestações para baixa tensão usada nas residências.   
d) subir a tensão das subestações para alta tensão usada nas residências.    

2. (Eear 2018) Uma espira retangular de 10 cm x 20 cm foi posicionada e mantida imóvel de forma que um campo magnético uniforme, de intensidade B = 100 T, ficasse normal à área interna da espira, conforme figura a seguir.
Neste caso, o valor da Força Eletromotriz Induzida nos terminais A e B da espira vale _____ V.
a) 0,00   
b) 0,02   
c) 0,20   
d) 2,00   

3. (Udesc 2018) Na figura abaixo, a barra feita de material condutor desliza sem atrito, com velocidade constante de 6,0 cm/s para a direita, sobre trilhos de material também condutor, no plano horizontal. A barra partiu da extremidade esquerda do trilho em t = 0 s. Nesta região, há um campo magnético uniforme de intensidade de 10-4 T, como mostra a Figura.
Assinale a alternativa que corresponde ao valor absoluto da tensão induzida, em microvolts, entre os pontos C e D da barra.
a) 600   
b) 6.000   
c) 0,060   
d) 60   
e) 0,60   

4. (Esc. Naval 2017) Analise a figura a seguir.

Imersa numa região onde o campo magnético tem direção vertical e módulo B = 6,0 T, uma barra condutora de um metro de comprimento, resistência elétrica R = 1,0 Ω e massa m = 0,2 kg desliza sem atrito apoiada sobre trilhos condutores em forma “U” dispostos horizontalmente, conforme indica a figura acima. Se uma força externa F mantém a velocidade da barra constante e de módulo v = 2,0 m/s, qual o módulo da força F, em newtons?
a) 60   
b) 18   
c) 36   
d) 48   
e)72   

5. (Ufu 2017) O anel saltante ou anel de Thomson é uma interessante demonstração dos efeitos eletromagnéticos. Ele consiste em uma bobina, um anel metálico, normalmente de alumínio, e um núcleo metálico que atravessa a bobina e o anel. Quando a bobina é ligada a uma tomada de corrente alternada, o anel de alumínio salta e fica levitando em uma altura que pode ser considerada constante. A figura mostra o dispositivo. Um dos fatos que contribuem para a levitação do anel metálico, apesar de não ser o único, é a fonte de corrente elétrica ser alternada, pois o anel não levitaria se ela fosse contínua.

A força sobre o anel metálico e sua consequente levitação devem-se ao fato de a bobina percorrida por corrente elétrica alternada gerar 
a) uma polarização elétrica variável em função do tempo no núcleo metálico que induz uma carga elétrica no anel metálico.    
b) um campo elétrico constante em função do tempo no núcleo metálico que induz uma diferença de potencial no anel metálico.    
c) uma polarização magnética constante em função do tempo no núcleo metálico que induz um polo magnético no anel metálico.    
d) um campo magnético variável em função do tempo no núcleo metálico que induz uma corrente elétrica no anel metálico.    

6. (Udesc 2017) A figura abaixo mostra o gráfico de um campo magnético uniforme, em função do tempo, aplicado perpendicularmente ao plano de uma espira retangular de 0,50 m2 de área. O campo magnético é dado em militesla e o tempo em segundos.
Assinale a alternativa que corresponde aos valores absolutos da tensão induzida na espira, em milivolts, em cada intervalo de tempo, respectivamente. 
a) 6,0; 0,64; 0,00   
b) 1,0; 0,67; 0,43   
c) 3,0; 0,32; 0,00   
d) 1,4; 1,02; 0,00   
e) 0,8; 0,23; 1,94   

Quer ser aprovado no vestibular? Obter sucesso no ENEM? VOCÊ ESTÁ NO LUGAR CERTO! Venha conhecer o espaço virtual construído para você!

1. (Ime 2020) Em um experimento, uma fonte laser emite um pulso luminoso instantâneo, que é refletido por um espelho plano (MR), girando em velocidade angular constante ω. Um outro espelho fixo, côncavo e circular (MF), encontra-se acima da fonte laser, ambos localizados a uma distância L = 3 km de MR, conforme mostra a figura. O centro de curvatura (C) de MF localiza-se no ponto onde a luz do laser encontra MR e coincide com seu centro de rotação.
 
Dado:
- Velocidade da luz: c = 3 x 108  m/s.

Observações:

- A posição de MR e MF são tais que o feixe consegue chegar a MF, pelo menos, duas vezes; e
- Despreze o comprimento da fonte laser.

Para que o pulso luminoso seja refletido em MF pela 2ª vez, a um comprimento de arco Δs = 30cm do 1º ponto de reflexão, o valor de ω, em rad/s, é: 
a) 1,25   
b) 2,50   
c) 3,33   
d) 5,00   
e) 10,00   

2. (Uerj 2019) Em um equipamento industrial, duas engrenagens, A e B, giram 100 vezes por segundo e 6.000 vezes por minuto, respectivamente. O período da engrenagem A equivale a TA e o da engrenagem B, a TB.

A razão TA/TB é igual a:
a) 1/6   
b) 3/5   
c) 1   
d) 6   

3. (Uemg 2019) Após estudar física exaustivamente para as provas de vestibular, Lívia sentiu-se mal e precisou receber a visita de um médico.
Com base nas informações do diálogo apresentado e considerando uma roda que gire em torno do seu próprio eixo com velocidade angular (ω) constante, o período de rotação dessa roda é dado por:
a) 2 . (ω . π)-1   
b) 2 . π  . ω -1   
c) ω  . 2 . π    
d) ω . (2 . π)-1      

4. (Upf 2019) Um corpo descreve um movimento circular uniforme cuja trajetória tem 5 m de raio. Considerando que o objeto descreve 2 voltas em 12 s, é possível afirmar que sua velocidade tangencial, em m/s, é de, aproximadamente

(Considere π = 3,14 rad)
a) 3,14   
b) 5,2   
c) 15,7   
d) 6,28   
e) 31,4   

5. (Insper 2019) A figura mostra uma réplica do Benz Patent Motorwagen, de 1885, carro de dois lugares e três rodas. O diâmetro da roda dianteira mede 60 cm, e o das rodas traseiras mede 80 cm.


Em um teste recém-realizado, o veículo percorreu, em linha reta, 7,2 km em 12 minutos, mantendo sua velocidade praticamente constante. Assim, considerando π =3, a frequência de giro das rodas dianteira e traseiras deve ter sido, em Hz, aproximada e respectivamente, de
a) 5,5 e 4,2.   
b) 5,5 e 4,4.   
c) 5,6 e 4,2.   
d) 5,6 e 4,4. 
e) 5,8 e 4,5.   

TEXTO PARA AS PRÓXIMAS 2 QUESTÕES:
Na(s) questão(ões) a seguir, quando necessário, use:

- Densidade da água: d = 1.103 km/m3
- Aceleração da gravidade: g = 10 m/s2
-  cos 30° = sen 60° = √3 / 2
- cos 60° = sen 30° = 1/2
- cos 45° = sen 45° = √2 / 2

6. (Epcar (Afa) 2020) Em um local onde a aceleração da gravidade é g, as partículas idênticas, 1 e 2, são lançadas simultaneamente, e sobem sem atrito ao longo dos planos inclinados AC e BC, respectivamente, conforme figura a seguir.


A partícula 2 é lançada do ponto B com velocidade V0 e gasta um tempo t para chegar ao ponto C.

Considerando que as partículas 1 e 2 colidem no vértice C, então a velocidade de lançamento da partícula 1 vale
a) √3 . V0 5t     
b) √3 . V0 t       
c) 2 . V0 + t   
d) V0 5t

7. (Epcar (Afa) 2020) Um pequeno tubo de ensaio, de massa 50 g, no formato de cilindro, é usado como ludião – uma espécie de submarino miniatura, que sobe e desce, verticalmente, dentro de uma garrafa cheia de água. A figura 1, a seguir, ilustra uma montagem, onde o tubo, preenchido parcialmente de água, é mergulhado numa garrafa pet, completamente cheia de água. O tubo fica com sua extremidade aberta voltada para baixo e uma bolha de ar, de massa desprezível, é aprisionada dentro do tubo, formando com ele o sistema chamado ludião. A garrafa é hermeticamente fechada e o ludião tem sua extremidade superior fechada e encostada na tampa da garrafa.



Uma pessoa, ao aplicar, com a mão, uma pressão constante sobre a garrafa faz com que entre um pouco mais de água no ludião, comprimindo a bolha de ar. Nessa condição, o ludião desce, conforme figura 2, a partir do repouso, com aceleração constante, percorrendo 60 cm, até chegar ao fundo da garrafa, em 1,0 s. Após chegar ao fundo, estando o ludião em repouso, a pessoa deixa de pressionar a garrafa. A bolha expande e o ludião sobe, conforme figura 3, percorrendo os 60 cm em 0,5 s.

Despreze o atrito viscoso sobre o ludião e considere que, ao longo da descida e da subida, o volume da bolha permaneça constante e igual a V0 e V, respectivamente.

Nessas condições, a variação de volume, ΔV = V - V0, em cm3, é igual a
a) 30   
b) 40   
c) 44   
d) 74   

8. (Mackenzie 2019) Um bitrem, também chamado de treminhão, é comum nas zonas rurais do Brasil. Eles são enormes caminhões com três carretas e seu comprimento beira os vinte metros. Um deles, irregular, com 22,5 m de comprimento, trafega carregado por uma rodovia e passa por um posto rodoviário com velocidade constante de 20 m/s. O policial, que está sobre uma motocicleta assimilável a um ponto material, decide abordar o treminhão quando o ponto extremo traseiro deste está a uma distância de 42 m. Acelera então constantemente com módulo 1,0 m/s2. Alcança o ponto extremo traseiro e prossegue com a mesma aceleração constante até o ponto extremo dianteiro para dar sinal ao motorista. Pode-se afirmar corretamente que o módulo aproximado da velocidade da motocicleta, em km/h, no momento em que o policial dá sinal ao motorista vale:
a) 100   
b) 120   
c) 135   
d) 150   
e) 155   

9. (Cftmg 2019) Um automóvel que se movia a uma velocidade de 3,0 m/s é acelerado durante 4,0 segundos com uma aceleração constante de 2,0 m/s2. A velocidade média, em m/s, desenvolvida por ele, nesse intervalo de tempo foi de
a) 7,0   
b) 11,0   
c) 15,0   
d) 28,0   

10. (Ufjf-pism 1 2019) Automóveis cada vez mais potentes estão sempre sendo apresentados na mídia, de modo a atrair compradores. O desempenho de um novo modelo é registrado no gráfico abaixo:

Se esse automóvel continuar se deslocando com a mesma aceleração dos  primeiros segundos de contagem do tempo, ele atingirá, aos 10 segundos, uma velocidade de:
a) 108 km/h   
b) 198 km/h   
c) 216 km/h   
d) 230 km/h   
e) 243 km/h   

11. (Unesp 2016)  Em uma viagem de carro com sua família, um garoto colocou em prática o que havia aprendido nas aulas de física. Quando seu pai ultrapassou um caminhão em um trecho reto da estrada, ele calculou a velocidade do caminhão ultrapassado utilizando um cronômetro.


O garoto acionou o cronômetro quando seu pai alinhou a frente do carro com a traseira do caminhão e o desligou no instante em que a ultrapassagem terminou, com a traseira do carro alinhada com a frente do caminhão, obtendo 8,5 s para o tempo de ultrapassagem.

Em seguida, considerando a informação contida na figura e sabendo que o comprimento do carro era 4 m e que a velocidade do carro permaneceu constante e igual a 30 m/s ele calculou a velocidade média do caminhão, durante a ultrapassagem, obtendo corretamente o valor
a) 24 m/s
b) 21 m/s
c) 22 m/s
d) 26 m/s
e) 28 m/s
  
12. (Ufrgs 2016)  Pedro e Paulo diariamente usam bicicletas para ir ao colégio. O gráfico abaixo mostra como ambos percorreram as distâncias até o colégio, em função do tempo, em certo dia.
 
Com base no gráfico, considere as seguintes afirmações.
I. A velocidade média desenvolvida por Pedro foi maior do que a desenvolvida por Paulo.
II. A máxima velocidade foi desenvolvida por Paulo.
III. Ambos estiveram parados pelo mesmo intervalo de tempo, durante seus percursos.

Quais estão corretas?
a) Apenas I.   
b) Apenas II.   
c) Apenas III.   
d) Apenas II e III.   
e) I, II e III.   
  
13. (Fatec 2016) Nos primeiros Jogos Olímpicos, as provas de natação eram realizadas em águas abertas, passando a ser disputadas em piscinas olímpicas em 1908. Atualmente, os sensores instalados nas piscinas cronometram, com precisão, o tempo dos atletas em até centésimos de segundo. Uma das disputas mais acirradas é a prova masculina de 50 m em estilo livre. Observe o tempo dos três medalhistas dessa prova nos Jogos de Londres em 2012.

Florent
Manaudou
(FRA)
Cullen
Jones
(EUA)
César Cielo
Filho
(BRA)
21,34 s
21,54 s
21,59 s

Considerando a velocidade média dos atletas, quando o vencedor completou a prova, a distância entre César Cielo e o ponto de chegada era de, aproximadamente,
a) 0,49 cm
b) 0,58 cm
c) 0,58 m
d) 4,90 m
e) 5,80 m
  
14. (Unisinos 2016) Por decisão da Assembleia Geral das Nações Unidas, em 2015 celebra-se o Ano Internacional da Luz, em reconhecimento à importância das tecnologias associadas à luz na promoção do desenvolvimento sustentável e na busca de soluções para os desafios globais nos campos da energia, educação, agricultura e saúde.
 
Considere a velocidade da luz no vácuo igual a 3,0 x 108 m/s. Para percorrer a distância entre a Terra e a Lua, que é de 3,9 x 105 km, o tempo que a luz leva, em segundos, é de, aproximadamente,  
a) 0,0013
b) 0,77
c) 1,3
d) 11,7
e) 770   
  
15. (Uerj 2016) O número de bactérias em uma cultura cresce de modo análogo ao deslocamento de uma partícula em movimento uniformemente acelerado com velocidade inicial nula. Assim, pode-se afirmar que a taxa de crescimento de bactérias comporta-se da mesma maneira que a velocidade de uma partícula.
Admita um experimento no qual foi medido o crescimento do número de bactérias em um meio adequado de cultura, durante um determinado período de tempo. Ao fim das primeiras quatro horas do experimento, o número de bactérias era igual a 8 x 105.


Após a primeira hora, a taxa de crescimento dessa amostra, em número de bactérias por hora, foi igual a:
a) 1,0 x 105
b) 2,0 x 105
c) 4,0 x 105
d) 8,0 x 105
  
16. (Unicamp 2016) A demanda por trens de alta velocidade tem crescido em todo o mundo. Uma preocupação importante no projeto desses trens é o conforto dos passageiros durante a aceleração. Sendo assim, considere que, em uma viagem de trem de alta velocidade, a aceleração experimentada pelos passageiros foi limitada a amax = 0,09g,  onde g = 10 m/s2 é a aceleração da gravidade. Se o trem acelera a partir do repouso com aceleração constante igual a amax, a distância mínima percorrida pelo trem para atingir uma velocidade de 1080 km/h corresponde a
a) 10 km
b) 20 km
c) 50 km
d) 100 km  
  
17. (Pucrs 2016) Analise o gráfico abaixo. Ele representa as posições x em função do tempo t de uma partícula que está em movimento, em relação a um referencial inercial, sobre uma trajetória retilínea. A aceleração medida para ela permanece constante durante todo o trecho do movimento.
 
Considerando o intervalo de tempo entre 0 e t2,  qual das afirmações abaixo está correta?
a) A partícula partiu de uma posição inicial positiva.   
b) No instante t1, a partícula muda o sentido do seu movimento.   
c) No instante t1, a partícula está em repouso em relação ao referencial.   
d) O módulo da velocidade medida para a partícula diminui durante todo o intervalo de tempo.   
e) O módulo da velocidade medida para a partícula aumenta durante todo o intervalo de tempo.   
  
18. (Uemg 2016) “Kimbá caminhava firme, estava chegando. Parou na porta do prédio, olhando tudo. Sorriu para o porteiro. O elevador demorou.”
EVARISTO, 2014, p. 94.
 Ao ler o texto, dois candidatos fizeram as seguintes afirmações:

Candidato 1: Kimbá caminhava firme, mas diminuiu sua velocidade, pois estava chegando. Enquanto ela parava, a força resultante e a aceleração de Kimbá tinham a mesma direção e sentido, mas sentido contrário à sua velocidade.

Candidato 2: Kimbá parou em frente à porta do prédio. Nessa situação, a velocidade e a aceleração dela são nulas, mas não a força resultante, que não pode ser nula para manter Kimbá em repouso.

Fizeram afirmações CORRETAS: 
a) Os candidatos 1 e 2.    
b) Apenas o candidato 1.    
c) Apenas o candidato 2.    
d) Nenhum dos dois candidatos.   
  
19. (Ueg 2016) Leia o gráfico a seguir.


As informações obtidas na leitura do gráfico permitem dizer que
a) a velocidade inicial é 12 m/s.   
b) A velocidade é nula em 2,0 s.   
c) A velocidade final é de – 12 m/s.   
d) o espaço percorrido foi de 12 m.   
e) a aceleração escalar é de 12 m/s2.   
  
20. (IFBA 2016) Um garoto, treinando arremesso de pedras com uma atiradeira, gira o dispositivo de 0,80 m de comprimento sobre sua cabeça, descrevendo um movimento circular com velocidade constante e aceleração radial de 370,00 m/s2, conforme diagrama. Num certo instante de tempo, a pedra é lançada tangencialmente à trajetória e atinge o solo numa posição de 10,00 m em relação ao garoto. Considere desprezível a resistência do ar e g = 10,00 m/s2. Assim, podemos afirmar que a altura do garoto, em metros, é, aproximadamente, igual a:


a) 1,50   
b) 1,58   
c) 1,69   
d) 1,81
e) 1,92