SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

Instagram siga no Instagram

1. (Albert Einstein - Medicina 2022) No século XVII, o biólogo e físico holandês Jean-Baptiste van Helmont (1580-1644), estudioso da fisiologia das plantas, defendia a geração espontânea e procurou demonstrar a origem da matéria que permitia às plantas crescerem em vasos. 

No experimento, Helmont plantou uma árvore jovem de salgueiro, de 2,28 kg, num vaso com 90,72 kg de terra. Após 5 anos, com hidratação contínua, a biomassa da árvore aumentou para 76,66 kg. Com base nos conhecimentos sobre fisiologia vegetal, a planta ganhou massa porque

a) fixou o carbono da atmosfera e utilizou o hidrogênio da água para produzir a matéria orgânica.  

b) foi mantida no ponto de compensação fótico e dessa forma conseguiu realizar mais a fotossíntese.   

c) passou a sintetizar o hormônio ácido abscísico, que estimulou a multiplicação celular.   

d) absorveu grande quantidade de sais minerais do solo, reduzindo-o em 25% da quantidade inicial.   

e) dependeu exclusivamente do consumo de água e de um pouco de sais minerais para crescer.   

2. (Ufrgs 2022) Na fotossíntese, o ciclo das pentoses, também chamado de ciclo de Calvin-Benson, leva à formação de glicídios.

Considere as seguintes afirmações a respeito do ciclo das pentoses.

I. No estroma do cloroplasto e no citosol das bactérias fotossintetizantes, ocorre o ciclo das pentoses.

II. Nesse processo, seis moléculas de CO2 reagem com seis moléculas de 1,5-bifosfato de ribulose, produzindo duas moléculas de gliceraldeído-3-fosfato, além de regenerar as seis moléculas de 1,5-bifosfato de ribulose.

III. Ao final, as duas moléculas de gliceraldeído-3-fosfato geradas são novamente incorporadas no ciclo das pentoses e geram seis novas moléculas de 1,5-bifosfato de ribulose.


Quais estão corretas?

a) Apenas I.
b) Apenas III.
c) Apenas I e II.
d) Apenas II e III.
e) I, II e III.

3. (Ucs 2022) Os números indicados abaixo referem-se aos produtos e aos substratos das reações químicas que ocorrem nos cloroplastos e nas mitocôndrias.

Assinale a alternativa que faz a associação correta entre as reações e os números apresentados na figura que segue.

a) Os números I e II estão indicando o ATP e o gás oxigênio, produtos da fotossíntese realizada pelo cloroplasto e substratos para a respiração celular.   

b) O número III está indicando o gás oxigênio, produto da respiração celular realizada pela mitocôndria e substrato para a fotossíntese.   

c) O número IV está indicando o monóxido de carbono, produto da fotossíntese realizada pela mitocôndria.   

d) O número II está indicando a molécula de ATP, produto da respiração celular que é obtido a partir da quebra da glicose no cloroplasto.   

e) O número III está indicando o gás carbônico, que é um resíduo do processo de respiração celular e um substrato para a fotossíntese.   

4. (Fcmmg 2022) Leia o texto a seguir.

FOTOSSÍNTESE ARTIFICIAL

Moléculas sintetizadas em laboratório imitam mecanismo de produção de energia das plantas.

Maria Guimarães

“Imagine um frasco de água onde está mergulhada uma placa de metal revestida com um material sintetizado em laboratório, que produz e armazena energia na forma do gás hidrogênio simplesmente por estar ao sol. “Estamos pensando num mundo em que a água seria o combustível”, diz o químico Jackson Megiatto, da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp).”

(Disponível em https://revistapesquisa.fapesp.br/fotossintese-artificial-2/. Acesso em 26/10/2021.)

Após a leitura e a análise do texto, é CORRETO afirmar que a proposta apresentada usou como base um processo da fotossíntese que ocorre no(a):

a) ciclo de Calvin.   

b) formação do NADP.   

c) fotofosforilação acíclica.   

d) etapa de fixação do carbono.   

5. (Ufpr 2022) Em relação ao processo de fotossíntese nas plantas, é correto afirmar que:

a) somente gimnospermas e angiospermas são capazes de realizar fotossíntese, pois são plantas vasculares e com sementes.   

b) as briófitas possuem estruturas clorofiladas, mas são incapazes de realizar fotossíntese por não possuírem vasos condutores.   

c) as pteridófitas possuem folhas com células ricas em cloroplastos, relacionadas com a realização da fotossíntese.   

d) desde que interrompam o processo de respiração celular, plantas avasculares podem fazer fotossíntese.   

e) nas plantas vasculares, a fotossíntese é interrompida durante a respiração celular devido ao ponto de compensação fótica.   

 

6. (Upe-ssa 3 2022) “Os ecossistemas florestais são considerados reservatórios de carbono e têm sido apontados como alternativas para a redução de gases do efeito estufa, principais responsáveis pelas mudanças climáticas globais, devido ao acúmulo de biomassa em seus tecidos durante seu desenvolvimento”.

Disponível em: https://imazon.org.br/estimativas-de-biomassa-e-carbono-e-indicadores-para-restauracao-de-florestas-secundarias-em-paragominas-para/ Acesso em: 16 ago. 2021.

Pesquisadores em diversas partes do mundo têm estudado o mecanismo de sequestro de carbono por meio da estimativa da biomassa aérea, medindo o diâmetro e a altura das árvores. Essa análise é importante para se entender o papel das florestas no combate às mudanças climáticas, porque

a) por meio do processo de fotossíntese, o carbono é retirado da atmosfera, liberando oxigênio, estocando-o nos tecidos dos troncos e das folhas.   

b) o aumento da temperatura é o principal fator de crescimento dos troncos e das folhas das árvores.   

c) a longo prazo, as medidas de diâmetro e de altura das árvores não interferem no aumento de biomassa aérea.   

d) o acúmulo de oxigênio nos tecidos favorece o crescimento de troncos, galhos e folhas.   

e) as árvores retiram nitrogênio e metano da atmosfera, acumulando-os nos tecidos dos troncos e folhas, favorecendo o crescimento.   

7. (Unesp 2022) Dois vasos, um deles com uma planta heliófila e outro com uma planta umbrófila, ambas de mesmo porte e com suprimento hídrico adequado, foram expostos durante todo o período da manhã à luz do Sol. Às 12h os vasos foram deslocados para um ambiente coberto, sombreado, com intensidade luminosa reduzida quando comparada àquela do ambiente externo, e com temperatura constante e igual àquela medida às 12h. Os dois vasos permaneceram nesse ambiente até as 18h.

As intensidades da fotossíntese e da respiração dessas plantas foram quantificadas às 12h e às 18h. Verificou-se que as plantas não diferiram na quantidade de oxigênio consumido.

Os dados obtidos foram registrados no gráfico.

No gráfico, nos dois horários de medição, as barras que mostram a intensidade da fotossíntese na planta heliófila, a intensidade da fotossíntese na planta umbrófila e a intensidade da respiração comum às plantas são, respectivamente, as de números

a) 2, 1 e 3.   

b) 3, 2 e 1.   

c) 1, 3 e 2.   

d) 1, 2 e 3.   

e) 2, 3 e 1.   

8. (Unesp 2021) Os seres vivos contribuem para a ciclagem do carbono na natureza por meio da oxidação ou redução desse elemento químico presente em moléculas orgânicas ou inorgânicas. As equações das reações químicas a seguir remetem a processos biológicos que convertem compostos de carbono.

Nessas reações químicas, o carbono é reduzido com menor transferência de elétrons na

a) quimiossíntese.   

b) fotossíntese.   

c) respiração celular.   

d) fermentação alcoólica.   

e) fermentação acética.   

9. (Fcmmg 2021) “O Painel Intergovernamental sobre mudanças climáticas ressalta que para limitar o aquecimento global talvez tenhamos de remover dezenas a centenas de gigatoneladas de CO2 da atmosfera idealmente até 2050.”

(Scientific American, ano 18, n. 203, 2020.)

É CORRETO afirmar que essa remoção será possível através do aumento da:

a) respiração.   

b) fotossíntese.   

c) decomposição.   

d) biorremediação.   

10. (Unesp 2021) Funcionamento de uma folha artificial

            As folhas artificiais estão entre as tecnologias mais promissoras para um mundo mais limpo, pois podem tanto capturar o dióxido de carbono da atmosfera quanto transformá-lo em combustíveis limpos, além de gerar energia sob outras formas.

            Essas folhas biomiméticas convertem o dióxido de carbono em combustível e decompõem a água em oxigênio e hidrogênio, tudo isso usando energia solar. Os dois processos ocorrem simultaneamente, mas um de cada lado de uma célula fotovoltaica: o oxigênio é produzido no lado “positivo” da célula e o combustível é produzido no lado “negativo”.

(www.inovacaotecnologica.com.br. Adaptado.)

Comparando o processo de fotossíntese natural com o executado pelas folhas artificiais, constata-se que ambos

a) são processos exotérmicos.   

b) dependem da ação da clorofila.   

c) funcionam como pilhas eletroquímicas.   

d) têm os mesmos reagentes e produtos.   

e) envolvem transferência de elétrons.   

11. (Ulbra 2016) Considere as seguintes afirmações:

I. O amadurecimento e a queda de frutos são controlados, principalmente, pelo hormônio etileno.

II. As raízes têm geotropismo negativo, que ocorre por ação de auxinas.

III. Na fase escura da fotossíntese, ocorre a liberação de O2 e a fixação do CO2.

IV. As plantas possuem cloroplastos, portanto, podem sobreviver sem mitocôndrias.

V. A fixação do nitrogênio atmosférico é realizada, principalmente, nos nódulos das raízes de leguminosas por bactérias do gênero Rhizobium.

Estão corretas:

a) I e II.   

b) I e V.   

c) III e IV.   

d) I, II e V.   

e) II, III e IV.   

12. (Ufjf-pism 1 2016) A cada ano, mais de 250 bilhões de toneladas de açúcar são produzidas pela natureza pelos organismos autotróficos. Esse processo de fixação do carbono é denominado fotossíntese. São feitas as seguintes afirmativas sobre o processo fotossintético:

I. Ocorre nos cloroplastos, sendo a clorofila o pigmento que absorve a luz solar na fase fotoquímica.

II. As moléculas de NAD+, NADP+ e FAD são utilizadas no transporte de hidrogênio.

III. O oxigênio liberado provém do gás carbônico absorvido na fase química.

IV. Na fase química, há fixação do carbono do CO2 podendo produzir amido.

V. O ATP será formado e por isso o processo fotossintético libera muita energia.

 

São CORRETAS:

a) I, II e IV.   

b) I, III e IV.   

c) I, III e V.   

d) III, IV e V.   

e) Todas.   

13. (CPS 2016) A agricultura é a arte de colher o sol. Essa frase, divulgada nos cursos de Agronomia, expressa o quanto a agricultura depende de fenômenos e elementos naturais mais do que qualquer outra atividade econômica conhecida. Isso ocorre porque a produção agropecuária depende de uma capacidade especial típica dos vegetais: sintetizar seu próprio alimento.

Porém, assim como todos os demais seres vivos, as plantas também precisam de água e de nutrientes minerais que elas retiram do solo pelas raízes. Entretanto, as plantas podem “fabricar” as substâncias orgânicas de que necessitam para sua nutrição e fazem isso por meio de um processo bioquímico chamado de fotossíntese, o qual depende da energia do sol para acontecer.

<http://tinyurl.com/pw336dv> Acesso em: 20.08.2015. Adaptado.

A partir das informações do texto, assinale a alternativa correta.

a) O solo depende da energia do sol e das raízes das plantas para realizar o processo de fotossíntese.   

b) A agricultura possui autonomia, pois independe de fenômenos naturais para sua existência.   

c) As plantas não dependem de outros seres vivos para produzir o próprio alimento.   

d) As sementes das plantas adubam organicamente o solo no processo de fotossíntese.   

e) O solo produz os materiais orgânicos e energia para nutrir as plantas e o processo agrícola.   

14. (Ueg 2016) Foi publicado na revista científica Microbiology, em 2008, a descoberta, na Patagônia argentina, de uma nova espécie de fungo ascomiceto endofítico, em uma espécie arbórea de florestas, capaz de produzir grande quantidade de hidrocarbonetos e derivados de diesel, um subproduto do petróleo. Esse fungo também pode formar essas substâncias a partir da celulose. 

LOPES, S., ROSSO, S.Bio: volume 3. São Paulo: Saraiva, 2010. p. 260-261.

Com base nessas informações e nas características desse fungo, tem-se o seguinte:

a) esse fungo, sendo considerado ascomiceto, possui tecidos hifáticos e micelínicos, o que pode possibilitar a produção dessas substâncias.   

b) esse fungo é considerado endofítico, uma vez que pode ser parasita facultativo, e seu micélio não está entre os tecidos do hospedeiro vegetal, no caso, a espécie arbórea.   

c) o desenvolvimento de substâncias a partir da celulose ocorre pelo fato da parede celular fúngica conter muito desse monossacarídeo em sua constituição.   

d) a relação ecológica desse fungo com a espécie arbórea torna-se intraespecífica comensal, uma vez que o fungo tem autonomia na produção das substâncias.   

e) espécie como essa, descoberta na Patagônia, consegue realizar processos biotecnológicos em função do seu potencial enzimático e importância ecológica.   

15. (Uerj 2016) Em plantas carnívoras, a folha não é utilizada apenas para realização de fotossíntese, mas também para alimentação, através da captura de insetos. Como as plantas com muitas adaptações para o carnivorismo apresentam um gasto energético extra em estruturas como glândulas e pelos, suas folhas são, em geral, menos eficientes fotossinteticamente.

Considere três tipos de plantas:

ü não carnívoras;

ü carnívoras pouco modificadas para tal função;

ü carnívoras altamente modificadas para tal função.

Com o objetivo de estudar a adaptação para esse modo de alimentação, os três tipos foram colocados em quatro meios experimentais diferentes. Observe a tabela:

Meio Experimental
Quantidade de sais minerais
Condição de iluminação
W
Alta
Baixa
X
Baixa
Baixa
Y
Alta
Alta
Z
Baixa
Alta

As plantas carnívoras altamente modificadas tiveram melhor adaptação, sobretudo, no seguinte meio experimental:

a) W   

b) X   

c) Y   

d) Z   

16. (Fatec 2016) Para que uma planta possa crescer e se desenvolver, ela precisa de compostos que contenham átomos de carbono, como qualquer outro ser vivo. À medida que a planta se desenvolve, ela incorpora esses compostos às raízes, às folhas e ao caule e há, consequentemente, um aumento de sua massa total.

Em um experimento para verificar qual a origem do carbono presente nas estruturas dos vegetais, foram analisados dois grupos de plantas, todas da mesma espécie e com o mesmo tempo de vida.  Essas plantas foram expostas a compostos contendo átomos de carbono radioativo, de modo que fosse possível verificar posteriormente se esses átomos estariam presentes nas plantas.

A tabela apresenta o modo como o experimento foi delineado, indicando as características da terra em que as plantas foram envasadas e da atmosfera à qual foram expostas ao longo do estudo.

Grupo 1
Grupo 2
Quantidade de átomos de carbono radioativos presentes na terra (compostos orgânicos)
Elevada
Desprezível
Quantidade de átomos de carbono radioativos presentes na atmosfera (gás carbônico)
Desprezível
Elevada

É esperado que após um tempo de crescimento dos dois grupos de plantas, nas condições descritas, seja encontrada uma quantidade de átomos de carbono radioativos

a) maior nas plantas do grupo 1, pois essas plantas teriam absorvido, pelas raízes, os compostos orgânicos para realizar a fotossíntese.   

b) maior nas plantas do grupo 1, pois essas plantas teriam absorvido, pelas raízes, os compostos orgânicos para utilizá-los como alimento, incorporando-os diretamente em suas estruturas.   

c) equivalente nos dois grupos de plantas, pois o carbono incorporado nas estruturas das plantas pode ser obtido tanto a partir das substâncias absorvidas pelas raízes quanto daquelas absorvidas pelas folhas.   

d) maior nas plantas do grupo 2, pois essas plantas teriam absorvido, pelas folhas, o gás carbônico para realizar a fotossíntese.   

e) maior nas plantas do grupo 2, pois essas plantas teriam absorvido, pelas folhas, o gás carbônico para realizar a respiração.   

17. (Unesp 2016) Quatro espécies de micro-organismos unicelulares foram isoladas em laboratório. Para determinar como esses seres vivos obtinham energia, cada espécie foi inserida em um tubo de ensaio transparente contendo água e açúcares como fonte de alimento. Os tubos foram rotulados em 1, 2, 3 e 4, e submetidos ao fornecimento ou não de recursos como gás oxigênio (O2) e luz. Após certo tempo, verificou-se a sobrevivência ou a morte desses organismos nessas condições.

Os resultados permitem concluir corretamente que os micro-organismos presentes nos tubos 1, 2, 3 e 4, são, respectivamente,

a) anaeróbios obrigatórios, aeróbios, anaeróbios facultativos e fotossintetizantes.   

b) aeróbios, fotossintetizantes, anaeróbios obrigatórios e anaeróbios facultativos.   

c) anaeróbios facultativos, fotossintetizantes, aeróbios e anaeróbios obrigatórios.   

d) anaeróbios facultativos, aeróbios, fotossintetizantes e anaeróbios obrigatórios.   

e) anaeróbios obrigatórios, anaeróbios facultativos, aeróbios e fotossintetizantes.   

18. (Ufjf-pism 1 2015) Recentemente, um estudante de engenharia do Royal College of Art, na Inglaterra, desenvolveu uma folha artificial capaz de produzir e liberar oxigênio na atmosfera. Resumidamente, o experimento consistiu na criação de uma espécie de tecido composto por proteínas, onde foram fixados cloroplastos extraídos de plantas reais, sendo possível recriar em laboratório uma das etapas do processo da fotossíntese. Considerando as informações apresentadas, é CORRETO afirmar que:

a) a etapa da fotossíntese recriada em laboratório consiste no uso de energia luminosa para a quebra de moléculas de glicose e liberação de oxigênio.   

b) nas folhas naturais, a liberação de oxigênio decorrente do processo fotossintético é realizada através de estruturas chamadas hidatódios.   

c) a etapa da fotossíntese recriada em laboratório teria tido o mesmo sucesso se, ao invés de cloroplastos, tivessem sido fixadas mitocôndrias no tecido composto por proteínas.   

d) em condições naturais, o processo da fotossíntese recriado em laboratório é influenciado pela composição mineral do solo.   

e) a etapa da fotossíntese recriada em laboratório consiste no uso de energia luminosa para a quebra de moléculas de água e liberação de oxigênio.   

19. (Uepa 2015) Se todos os açúcares produzidos pelo processo ilustrado abaixo em um ano, tivessem a forma de cubos de açúcar, haveria 300 quatrilhões deles. Se fossem dispostos em linha, esses cubos se estenderiam da Terra até Plutão. Isso representa uma imensa produção de energia. Sobre o processo abordado no enunciado, observe a imagem abaixo e analise as afirmativas.

I. Os produtos liberados para o ambiente são água e oxigênio.

II. O processo ilustrado acima refere-se à respiração vegetal.

III. Ocorre absorção de dióxido de carbono pelas folhas.

IV. É um processo que ocorre na presença da luz solar.

V. A água utilizada no processo é absorvida pelas folhas.

A alternativa que contém todas as afirmativas corretas é:

a) I e II   

b) I, III e IV   

c) I, III e V   

d) II, III e V   

e) II, III, IV e V   

20. (Uerj 2015) Em um experimento, os tubos I, II, III e IV, cujas aberturas estão totalmente vedadas, são iluminados por luzes de mesma potência, durante o mesmo intervalo de tempo, mas com cores diferentes. Além da mesma solução aquosa, cada tubo possui os seguintes conteúdos

A solução aquosa presente nos quatro tubos tem, inicialmente, cor vermelha. Observe, na escala abaixo, a relação entre a cor da solução e a concentração de dióxido de carbono no tubo.

 

Os tubos I e III são iluminados por luz amarela, e os tubos II e IV por luz azul. Admita que a espécie de alga utilizada no experimento apresente um único pigmento fotossintetizante. O gráfico a seguir relaciona a taxa de fotossíntese desse pigmento em função dos comprimentos de onda da luz. 

Após o experimento, o tubo no qual a cor da solução se modificou mais rapidamente de vermelha para roxa é o representado pelo seguinte número:

a) I   

b) II   

c) III   

d) IV   





 


Axact

Recomendamos

O espaço virtual do estudante!

Postar um comentário:

0 comentários: