SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

Instagram siga no Instagram

1. (Ueg 2020) Ao longo do desenvolvimento embrionário humano ocorrem diferentes eventos celulares. Tendo como exemplo uma gestação de 2 meses e meio (10 semanas), quais as recomendações mais adequadas à mãe neste período?

a) Ingestão de cálcio na sua alimentação, contribuindo para o desenvolvimento dos ossos do feto. 

b) Contato primário direto com antígenos, para o fortalecimento do sistema imunológico do feto.   

c) Ingestão de tetraciclina, estimulando desenvolvimento dentário do feto.   

d) Vacinação diversa para manutenção da clonagem terapêutica do feto.   

e) Redução do consumo de fumo, álcool e medicamentos.   

2. (Fuvest 2020) Óbitos por cepas de bactérias resistentes a antibióticos vêm crescendo. Um estudo do governo britânico estima que, em escala global, os óbitos por cepas resistentes já cheguem a 700 mil por ano. E as coisas têm piorado. Além das bactérias, já estão surgindo fungos resistentes, como a Candida auris.

Qualquer solução passa por um esforço multinacional de ações coordenadas. O crescente número de governos isolacionistas e até antidarwinistas não dá razões para otimismo. Há urgência. O estudo britânico calcula que, se nada for feito, em 2050, as mortes por infecções resistentes chegarão a 10 milhões ao ano.

Hélio Schwartsman, “Mortes anunciadas”. Folha de São Paulo, Abril/2019. Adaptado.

Várias espécies do gênero Candida, que pertence ao grupo de fungos unicelulares, reproduzemse por brotamento (gemulação), espalhandose rapidamente. No grupo dos fungos pluricelulares, a rápida colonização de novos ambientes devese, em grande parte, ao fato de que esse grupo possui

a) esporos haploides que germinam e colonizam o ambiente.    

b) reprodução assexuada, produzindo descendentes que são genotipicamente diferentes.    

c) zigotos haploides que crescem aceleradamente com mitoses sucessivas.    

d) cistos de resistência que encapsulam adultos diploides.    

e) fases autotróficas, podendo viver sem disponibilidade de alimento externo.    

3. (Ufsc 2019) Ao longo da história, até em livros de medicina, o clitóris – do grego kleitoris, “pequeno monte” – é pouco mencionado. Porém, na França, onde a educação sexual é obrigatória nas escolas desde a primeira infância, estudantes de todas as faixas etárias têm a oportunidade de conhecer de perto o órgão erétil, o principal órgão do prazer feminino e de anatomia similar à do pênis, através de um modelo tridimensional. O mapeamento recente de suas estruturas através de ressonância magnética foi o que permitiu descobrir que o órgão mede de 9 a 11cm e que é constituído pela glande, bulbos, cruras e corpo, sendo a primeira estrutura a única parte externa do clitóris.

Disponível em: https://www1.folha.uol.com.br/equilibrioesaude/2016/10/1821721-clitoris-3d-ensina-anatomia-em-escolas-e-desmistificapra zer-feminino.shtml. [Adaptado]. Acesso em: 17 mar. 2019.

Com base no texto, na imagem e nos conhecimentos sobre sistema genital feminino, é correto afirmar que:

a) o clitóris é um órgão erétil feminino, com anatomia similar à do pênis, e assim como este é responsável pela eliminação da urina.   

b) a ocorrência da cistite (infecção da bexiga) é mais comum em mulheres do que em homens devido à localização do clitóris, que possui a maior extensão situada internamente ao sistema urogenital, diferentemente do pênis.   

c) o clitóris é densamente vascularizado e possui muitos receptores sensoriais.   

d) o hormônio gonadotrofina coriônica é responsável por estimular a ereção do clitóris.   

e) assim como o clitóris, a abertura externa da uretra se localiza no interior da vagina.  

4. (Ueg 2019) Historicamente, diferentes casos são apresentados à sociedade pelos geneticistas, relacionados às descobertas de novos cruzamentos entre espécies, novos genes codificados e terapias gênicas. No ano de 2014, na Austrália, um casal de gêmeos compartilhou 100% do genoma materno e 78% do genoma paterno. Uma das justificativas para esse ocorrido é que um único óvulo pode ter sido fecundado por dois espermatozoides. Sabendo-se que esse é um evento incomum e que foge às leis mendelianas, tem-se o seguinte: 

a) a menor diversidade genética reduz o risco de doenças.    

b) apenas zigotos XY eram esperados para essa prole.    

c) gêmeos semi-idênticos desenvolvem-se de zigotos distintos.    

d) o casal de irmãos é formado por gêmeos monozigóticos.    

e) os espermatozoides fecundaram dois óvulos idênticos.    

5. (Cotuca 2019) Um aluno, ao estudar a reprodução do canário-do-reino, um pássaro canoro, descobriu que os machos desse grupo animal não possuem órgão copulador, como pênis. O aluno deduziu, com isso, que os pássaros fazem reprodução assexuada. Com base em seus conhecimentos, você poderia dizer que o aluno está correto? 

a) Sim, a reprodução sexuada subentende a presença de relações sexuais com fecundação interna. 

b) Sim, pois, embora os pássaros fêmea e macho produzam gametas, o macho não copula a fêmea.  

c) Não, pois a reprodução assexuada só ocorre em micro-organismos.    

d) Não, pois a presença de gametas, por si só, já torna a reprodução sexuada.    

e) Não, pois, embora os pássaros machos não possuam órgão copulador, ocorre compartilhamento de material genético entre o macho e a fêmea.    

6. (Fcmmg 2018) Ilustração sobre a formação dos diferentes componentes de uma colmeia.

Os processos biológicos ocorridos em em 1, 2 e 3 são denominados, respectivamente, de:

a) Gametogênese, Fertilização e Pedogênese   

b) Ovogênese, Embriogênese e Neotenia   

c) Meiose, Fecundação e Partenogênese   

d) Mitose, Fertilização e Anagênese   

7. (Cftmg 2018) O Vasalgel é um gel polimérico utilizado como contraceptivo em fase de testes clínicos. Sua vantagem em relação ao outro método contraceptivo disponível de mesmo princípio é sua reversibilidade que já foi comprovada em animais nos quais a fertilidade dos machos foi readquirida. O modo de utilização desse novo contraceptivo está demonstrado no desenho abaixo. 

O local de aplicação e o mecanismo de ação do Vasalgel são semelhantes à(ao)

a) utilização da camisinha.    

b) realização da vasectomia.    

c) colocação do implante hormonal.   

d) introdução do dispositivo intrauterino.    

8. (Upe-ssa 1 2018) Observe a charge a seguir:

Nela o óvulo “barra” a entrada de vários espermatozoides para seu interior a fim de impedir a poliespermia humana. Assinale a alternativa que CORRETAMENTE justifica esse ato.

a) Há alteração da polaridade elétrica da membrana plasmática ovular aos íons  e  antes da fecundação, o interior da membrana plasmática do óvulo é carregado positivamente, gerando uma onda de polarização por toda a superfície do óvulo, impedindo que outros espermatozoides se unam a ela.   

b) Com a entrada do primeiro espermatozoide e a polarização da membrana ovular, as enzimas dos grânulos corticais atuam sobre a membrana pelúcida, alterando os receptores presentes no envoltório ovular, os quais perdem a capacidade de se ligarem a outros espermatozoides.   

c) Na ejaculação, são liberados cerca de 300 milhões de espermatozoides; poucos atingem a tuba uterina, e um só fecunda o óvulo, que se encontra na prófase II da meiose I. Para haver a gravidez, o espermatozoide penetra no óvulo, que chega ao final da meiose, surgindo o zigoto ou mórula, primeira célula do futuro mamífero.   

d) O óvulo humano é um ovócito primário, revestido por uma camada de lipoproteínas aderidas à membrana plasmática ovular, membrana ou zona pelúcida ou envelope vitelínico, sendo este último recoberto por camadas de células foliculares que constituem eficiente revestimento protetor do gameta feminino. Todos são obstáculos que o espermatozoide deve ser capaz de vencer.   

e) A reação acrossômica é um mecanismo, que garante a entrada dos espermatozoides no óvulo e a ocorrência da fecundação. Nessa reação, o acrossomo do espermatozoide libera enzimas, tais como a hialuronidase, que abre um canal na zona pelúcida, por onde o espermatozoide penetra, e atinge a membrana plasmática do óvulo.   

9. (Fatec 2017) Como parte do planejamento familiar, muitos casais consideram o uso de métodos anticoncepcionais. Visando auxiliar essas pessoas, a Secretaria da Saúde de uma cidade decidiu divulgar um cartaz informativo sobre alguns dos métodos contraceptivos mais comuns.

Assinale a alternativa que apresente uma afirmação que possa fazer parte do texto do cartaz, por estar biologicamente correta.

a) O diafragma é um instrumento contraceptivo de uso masculino.   

b) A vasectomia impede que os espermatozoides cheguem à uretra do homem.   

c) Mulheres que seguem a tabelinha ficam estéreis e não podem mais engravidar.   

d) A inseminação artificial é uma opção segura para mulheres que não querem engravidar.   

e) Homens que tomam a pílula do dia seguinte deixam de produzir espermatozoides temporariamente.   

10. (Upf 2016) Analise a figura abaixo, que representa um espermatozoide humano, e assinale a alternativa correta.

a) I representa o acrossomo, formado a partir de vesículas do complexo de Golgi, contendo enzimas que modificam a permeabilidade da membrana do óvulo, necessária à fecundação.   

b) II representa o núcleo com  moléculas de DNA para formar os  cromossomos da espécie humana.   

c) III representa a peça intermediária rica em estruturas citoplasmáticas diversas, responsáveis pela viabilidade do gameta.   

d) IV representa o flagelo, formado por microfilamentos contráteis que promovem os movimentos do gameta.   

e) V representa a peça intermediária, rica em mitocôndrias e ribossomos que sintetizam as proteínas contráteis do flagelo.   

11. (Fgv 2015) No ciclo reprodutivo de agentes etiológicos responsáveis por algumas verminoses, observa-se que, além do ser humano atuar como hospedeiro definitivo, outros animais também participam do ciclo, atuando como hospedeiros intermediários. O caramujo na esquistossomose (barriga d’água), o porco na teníase (solitária) e o mosquito na filariose (elefantíase) são exemplos de tais casos.

Com relação às três verminoses citadas, os respectivos hospedeiros intermediários são os animais  

a) transmissores diretos da fase adulta dos agentes etiológicos.    

b) nos quais os agentes etiológicos produzem seus ovos.    

c) nos quais os agentes etiológicos desenvolvem suas fases larvais.    

d) nos quais os agentes etiológicos se reproduzem sexuadamente.    

e) responsáveis pela ingestão dos ovos dos agentes etiológicos.    

12. (Cftmg 2015) O esquema abaixo representa o processo de fertilização feito em laboratório.

Sobre esse tipo de reprodução, é correto afirmar que

a) origina gêmeos idênticos após a fecundação.   

b) reduz os riscos de aborto em mulheres de mais idade.   

c) promove uma menor variabilidade genética dentro da espécie.   

d) favorece a adaptação dos descendentes a ambientes em mudança.   

13. (Cftmg 2015) Observe o lagarto a seguir. 


Nessa situação, o benefício conseguido por esse animal é a
a) restituição do tamanho original.
b) ocorrência de reprodução assexuada.
c) possibilidade de fugir dos predadores.
d) economia de energia para o metabolismo.

14. (Utfpr 2015) Sobre os mecanismos de reprodução humana, é correto afirmar que:

a) epidídimo, próstata e canal deferente são componentes do sistema genital feminino.   

b) o processo de liberação do óvulo pelo ovário chama-se fecundação.   

c) gêmeos idênticos ou univitelinos são gerados quando um óvulo é fecundado por 2 espermatozoides diferentes.   

d) gêmeos bivitelinos podem tanto ser do mesmo sexo quanto de sexos diferentes.   

e) tanto a produção de óvulos quanto a de espermatozoides iniciam-se no período da puberdade.  

15. (Ufsm 2015) Uma alimentação com deficiência de vitaminas ou de minerais pode influenciar todas as etapas do processo reprodutivo. Seguem alguns exemplos que não podem faltar na dieta.

Vitamina A: regula a síntese de progesterona e, durante a gestação, previne a imunodeficiência da mãe e do bebê.

Vitamina C: é um potente antioxidante que protege os óvulos e espermatozoides.

Vitamina D: influencia a formação do endométrio.

Considerando os eventos envolvidos na reprodução humana, os segmentos sublinhados relacionam-se, respectivamente, com o(a)

a) fecundação − fecundação − ciclo menstrual.   

b) ciclo menstrual − gametogênese − ciclo menstrual.   

c) gametogênese − fecundação − fecundação.   

d) fecundação − gametogênese − fecundação.   

e) ciclo menstrual − gametogênese − fecundação.   

16. (Fgv 2015) Autotomia é a capacidade que alguns animais apresentam em soltar membros do corpo e regenerá-los posteriormente, como por exemplo, a autotomia caudal observada em algum as espécies de lagartos, conforme mostra a figura.

Nem todos os tecidos se recompõem e a regeneração torna-se menos eficiente a cada perda da cauda, podendo inclusive não ocorrer, dependendo do local da mutilação.

É correto afirmar que a regeneração dos tecidos ocorre em função da capacidade de células se desdiferenciarem, retornando à condição 

a) gamética e realizarem mitoses sucessivas com nova diferenciação.   

b) embrionária e realizarem mitoses sucessivas sem nova diferenciação.    

c) zigótica e realizarem meioses sucessivas com nova diferenciação.    

d) mesodérmica e realizarem mitoses sucessivas sem nova diferenciação.    

e) pluripotente e realizarem mitoses sucessivas com nova diferenciação.   

17. (Uece 2015) Pode-se afirmar corretamente que, no universo das células,

a) todas as células, sem exceção, desenvolvem membrana plasmática e parede celular.   

b) a reprodução sexuada é fundamental para a variabilidade genética da espécie.   

c) somente as células eucarióticas produzem ribossomos.   

d) todas as células, exceto as procariotas, possuem dupla membrana mitocondrial.   

18. (Uepa 2014) O aparecimento de características sexuais secundárias no menino, a partir da puberdade, resulta da ação da testosterona sobre o organismo em desenvolvimento. No sistema reprodutor, a estrutura que abriga as células responsáveis pela síntese do referido hormônio é denominada:

a) uretra.   

b) próstata.   

c) testículo.   

d) vesícula seminal.   

e) glândula bulbouretral.   

19. (Enem 2014) A talidomida é um sedativo leve e foi muito utilizado no tratamento de náuseas, comuns no início da gravidez. Quando foi lançada, era considerada segura para o uso de grávidas, sendo administrada como uma mistura racêmica composta pelos seus dois enantiômeros (R e S). Entretanto, não se sabia, na época, que o enantiômero S leva à malformação congênita, afetando principalmente o desenvolvimento normal dos braços e pernas do bebê. 

COELHO, F. A. S. “Fármacos e quiralídade”. Cadernos Temáticos de Química Nova na Escola, São Paulo, n. 3, maio 2001 (adaptado).

Essa malformação congênita ocorre porque esses enantiômeros

a) reagem entre si.   

b) não podem ser separados.   

c) não estão presentes em partes iguais.   

d) interagem de maneira distinta com o organismo.   

e) são estruturas com diferentes grupos funcionais.   

20. (Uepa 2014) A caxumba é uma doença viral que acomete as glândulas salivares parótidas, mas, em alguns homens, a infecção alcança os testículos e epidídimo, promovendo distúrbios na função destas estruturas, podendo resultar na esterilidade. Os elementos em destaque no enunciado são responsáveis, respectivamente, pelas seguintes funções:

a) produção de hormônio folículo estimulante e ereção peniana.   

b) produção de espermatozoides e armazenamento dos espermatozoides.   

c) produção de hormônio luteinizante e produção do liquido seminal.   

d) espermiogênese e produção do liquido prostático.   

e) ejaculação e produção do hormônio luteinizante.   




Axact

Recomendamos

O espaço virtual do estudante!

Postar um comentário:

0 comentários: