SIGA-NOS NAS REDES SOCIAIS

Instagram siga no Instagram


1. e) A condição humana é, por natureza, histórico-social na sua inteireza.   

2. e) aprender a pensar fomenta o entendimento da realidade na sua inteireza.   

3. a) a condição humana é singularmente relacional.   

4. c) Segundo Heidegger, a distinção entre o ente e o ser torna possível o pensamento.   

5. a) condição da existência no mundo.    

6. d) é inseparável da realização e expansão de potenciais de razão e de liberdade.   

7. c) articulação coletiva.    

8. a) a dimensão da linguagem simbólica é condição preponderante no homem.   

9. d) a cultura se insere na singularidade das matrizes históricas da constituição do humano.   

10. b) II e IV.   

11. c) Pessoa e corporeidade.

12. c) O eros físico representa a vontade de conservação da espécie, e o espiritual, a ânsia de eternização por obras que perdurarão na memória.

13. SOMA:  11.

01) A amizade comporta uma esfera de interesses particulares.

02) A amizade, em alguns casos, é consequência de condicionantes pessoais dos amigos.

08) A amizade interessada entre pessoas más também é amizade.

14. b) A condição natural do homem é de guerra de todos contra todos. Resolver tal condição é possível apenas com um poder estatal pleno.

15. c) apenas III.

16. SOMA: 14.

02) Walter Benjamin ponderava, em uma visão otimista da sociedade industrial, que a reprodução técnica da obra de arte – em livros, nas artes gráficas, na fotografia, no rádio e no cinema – propiciaria um movimento de democratização da cultura e das artes.

04) Kant, ao investigar os problemas da subjetividade do juízo do gosto, considerava a beleza como uma categoria universal da razão e, a partir da discussão sobre a beleza, propunha ser possível atingir um juízo estético possível de ser compartilhado por todos.

08) Os iluministas consideravam que era na contemplação desinteressada da obra que se dava o sentimento estético, porém tal contemplação dependia do refinamento da sensibilidade, que deveria ser alcançado pela educação.

17. b) é a inauguração de uma nova forma de pensar sem metafísica através do método genealógico.

18. d) conceitos de razão e moralidade preponderantes nas doutrinas filosóficas dos vários pensadores que o antecederam e seus compatriotas e/ou contemporâneos Kant, Hegel e Schopenhauer.

19. c) denunciar o erro que tanto a moral quanto a religião cometem ao confundir “causa com efeito, ou a verdade com o efeito do que se considera como verdade”.

20. SOMA: 19.

01) República por aquisição é o poder soberano adquirido pela força natural, como o poder de destruir em caso de desobediência.

02) República política é consequência dos acordos e pactos firmados entre os homens voluntariamente.

16) Instituir e adquirir são formas dos processos políticos originários das repúblicas.

21. b) Friedrich Nietzsche, ao buscar a explicação para o erro da confusão entre a causa e o efeito.

22. c) I, II, III e IV.



Axact

Recomendamos

O espaço virtual do estudante!

Postar um comentário:

0 comentários: