1. (Acafe 2020) Um mágico utiliza três caixas idênticas (figura abaixo) para realizar um truque em que adivinha em qual das caixas está uma bola de ferro comum. Para isso, coloca a mão sobre as caixas e, depois de toda encenação, adivinha a caixa certa.

O truque é simples. Ele tem escondido na sua luva um ímã que atrai a bola de metal ao se aproximar dela. Com a sensação da força de atração em sua mão, ele adivinha a caixa em que a bola está. 

Com base no exposto, assinale a alternativa que completa, corretamente, as lacunas da frase a seguir.

A força entre o ímã e a bola de metal, sentida pelo mágico, é de origem __________ e a sua intensidade depende, dentre outras coisas, da __________. Se invertermos os polos do ímã que está na mão do mágico, a força entre o ímã e a bola de metal __________.  

a) magnética - distância entre eles - não se altera.   

b) elétrica - da força normal - não se altera.    

c) elétrica - distância entre eles - diminui.    

d) magnética - da força normal - diminui.   

2. (Cotuca 2020) Podemos dizer que a Terra e a agulha de uma bússola comportam-se como barras de ímãs, que possuem polos magnéticos Norte e Sul. Na figura a seguir, o Polo Norte magnético da agulha da bússola aponta de forma aproximada para o Polo Norte geográfico terrestre. 

Desta forma, podemos concluir que:

a) o Polo Sul magnético da agulha da bússola aponta para o Polo Norte geográfico terrestre, aproximadamente.    

b) o Polo Sul magnético da agulha da bússola é atraído pelo Polo Sul magnético da Terra.    

c) o Polo Sul magnético da agulha da bússola aponta para o Polo Sul geográfico terrestre, aproximadamente.    

d) o Polo Norte magnético da agulha da bússola aponta para o Polo Sul geográfico terrestre, aproximadamente.    

e) os Polos magnéticos da agulha são atraídos pelos Polos magnéticos terrestres de mesma denominação.    

3. (Ufpr 2020) A respeito de campos magnéticos, considere as seguintes afirmativas:


1. A Terra tem um campo magnético.

2. Correntes elétricas produzem campos magnéticos.

3. Quando polos de mesmo nome pertencentes a dois ímãs diferentes são aproximados, eles se repelem.

4. Uma carga elétrica com velocidade nula sob a ação de um campo magnético não sente a ação de nenhuma força magnética.

Assinale a alternativa correta.

a) As afirmativas 1, 2, 3 e 4 são verdadeiras.   

b) Somente as afirmativas 2, 3 e 4 são verdadeiras.   

c) Somente as afirmativas 1, 3 e 4 são verdadeiras.   

d) Somente as afirmativas 1 e 2 são verdadeiras.   

e) Somente a afirmativa 1 é verdadeira.  


4. (Unesp 2013)  A bússola interior

A comunidade científica, hoje, admite que certos animais detectam e respondem a campos magnéticos. No caso das trutas arco-íris, por exemplo, as células sensoriais que cobrem a abertura nasal desses peixes apresentam feixes de magnetita que, por sua vez, respondem a mudanças na direção do campo magnético da Terra em relação à cabeça do peixe, abrindo canais nas membranas celulares e permitindo, assim, a passagem de íons; esses íons, a seu turno, induzem os neurônios a enviarem mensagens ao cérebro para qual lado o peixe deve nadar. As figuras demonstram esse processo nas trutas arco-íris:


Na situação da figura 2, para que os feixes de magnetita voltem a se orientar como representado na figura 1, seria necessário submeter as trutas arco-íris a um outro campo magnético, simultâneo ao da Terra, melhor representado pelo vetor

5. (Ufjf-pism 3 2020) A figura abaixo mostra um equipamento para detectar elétrons ejetados de átomos, através da mudança de trajetória dos elétrons sob ação de um campo magnético. Os elétrons podem ser acelerados até a velocidade inicial v0, ao longo do eixo x. O detector e colocado a uma distância  ao longo do eixo vertical y. Um campo magnético uniforme é aplicado sobre os elétrons, em toda a região abrangida pela figura. Observou-se que os elétrons chegaram numa posição vertical d/2, abaixo do detector, seguindo a trajetória 1 mostrada na figura. Pode-se modificar a velocidade v0 dos elétrons, o módulo do campo magnético e a sua direção de aplicação. Devido à alta velocidade dos elétrons, pode-se ignorar o efeito da gravidade. Assinale a alternativa que descreve o que pode ser modificado no experimento para que os elétrons alcancem o detector, ou seja, para que eles se desloquem com a trajetória 2 mostrada.

a) Pode-se diminuir a velocidade inicial v0 dos elétrons.   

b) Pode-se diminuir o módulo do campo magnético.   

c) Pode-se aplicar o campo magnético na direção da velocidade inicial v0  

d) Pode-se aumentar a velocidade inicial v0 dos elétrons.   

e) Pode-se aplicar o campo magnético na direção do eixo y.   

6. (Efomm 2020) Uma partícula de massa m = 1,0 x 10-26 kg e carga q = 1,0 nC, com energia cinética de 1,25 KeV, movendo-se na direção positiva do eixo x, penetra em uma região do espaço onde existe um campo elétrico uniforme de módulo 1,0 KV/m orientado no sentido positivo do eixo y. Para que não ocorra nenhum desvio da partícula nessa região, é necessária a existência de um campo magnético de intensidade

Dado: 1 e V = 1,6 x 10-19

a) 1,0 mT   

b) 2,0 mT   

c) 3,0 mT   

d) 4,0 mT  

e) 5,0 mT   

7. (Unesp 2019) A configuração do campo magnético terrestre causa um efeito chamado inclinação magnética. Devido a esse fato, a agulha magnética de uma bússola próxima à superfície terrestre, se estiver livre, não se mantém na horizontal, mas geralmente inclinada em relação à horizontal (ângulo α, na figura 2). A inclinação magnética é mais acentuada em regiões de maiores latitudes. Assim, no equador terrestre a inclinação magnética fica em torno de 0º, nos polos magnéticos é de 90º, em São Paulo é de cerca de 20º, com o polo norte da bússola apontado para cima, e em Londres é de cerca de 70º, com o polo norte da bússola apontado para baixo.

 



Esse efeito deve-se ao fato de a agulha magnética da bússola alinhar-se sempre na direção

a) perpendicular às linhas de indução do campo magnético da Terra e ao fato de o polo norte magnético terrestre estar próximo ao polo sul geográfico da Terra.    

b) tangente à Linha do Equador e ao fato de o eixo de rotação da Terra coincidir com o eixo magnético que atravessa a Terra.    

c) tangente às linhas de indução do campo magnético da Terra e ao fato de o polo norte magnético terrestre estar próximo ao polo norte geográfico da Terra.    

d) tangente às linhas de indução do campo magnético da Terra e ao fato de o polo norte magnético terrestre estar próximo ao polo sul geográfico da Terra.    

e) paralela ao eixo magnético terrestre e ao fato de o polo sul magnético terrestre estar próximo ao polo norte geográfico da Terra.    

8. (Espcex (Aman) 2019)  Dois fios longos e retilíneos 1 e 2, fixos e paralelos entre si, estão dispostos no vácuo, em uma direção perpendicular a um plano α. O plano α contém o ponto C conforme representado no desenho abaixo. Os fios são percorridos por correntes elétricas constantes, de mesmo sentido, saindo do plano α para o observador. O fio 1 é percorrido por uma corrente elétrica de intensidade i1 = 6 A e o fio 2 por uma corrente de intensidade i2 = 8 A. O módulo do vetor indução magnética resultante no ponto C devido às correntes i1 e i2 é

 

Dado: considere a permeabilidade magnética do vácuo igual a 4 . π . 10-7 T.m/A

a) 8 . 10-7 T   

b) 6 . √2 . 10-7 T   

c) 4 . √2 . 10-7 T   

d) 4 . 10-7 T

e) 2 . √2 . 10-7 T       

9. (Ufrgs 2019) O fogão mostrado na figura 1 abaixo não produz chamas nem propaga calor. O cozimento ou aquecimento dos alimentos deve ser feito em panelas de ferro ou de aço e ocorre devido à existência de campos magnéticos alternados, produzidos em bobinas, conforme representado no esquema da figura 2. Os campos magnéticos penetram na base das panelas, criando correntes elétricas que as aquecem. 

Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas do enunciado abaixo, na ordem em que aparecem.

O processo físico que fundamenta essa aplicação tecnológica é conhecido como __________ e é regido pela lei de __________.

a) convecção – Faraday-Lenz   

b) indução – Faraday-Lenz   

c) indução – Ampère   

d) radiação – Gauss   

e) radiação – Ampère   

10. (Enem 2019) As redes de alta tensão para transmissão de energia elétrica geram campo magnético variável o suficiente para induzir corrente elétrica no arame das cercas. Tanto os animais quanto os funcionários das propriedades rurais ou das concessionárias de energia devem ter muito cuidado ao se aproximarem de uma cerca quando esta estiver próxima a uma rede de alta tensão, pois, se tocarem no arame da cerca, poderão sofrer choque elétrico.

Para minimizar este tipo de problema, deve-se:

a) Fazer o aterramento dos arames da cerca.   

b) Acrescentar fusível de segurança na cerca.   

c) Realizar o aterramento da rede de alta tensão.    

d) Instalar fusível de segurança na rede de alta tensão.    

e) Utilizar fios encapados com isolante na rede de alta tensão.    

11. (Ueg 2018) A figura a seguir descreve uma região do espaço que contém um vetor campo elétrico Ē e um vetor campo magnético Ḃ.

Mediante um ajuste, percebe-se que, quando os campos elétricos e magnéticos assumem valores de 1,0 x 103 N/C e 2,0 x 10-2 T, respectivamente, um íon positivo, de massa desprezível, atravessa os campos em linha reta. A velocidade desse íon, em m/s, foi de

a) 5,0 x 104   

b) 1,0 x 105   

c) 2,0 x 103   

d) 3,0 x 103   

e) 1,0 x 104   

12. (Insper 2018) Imagine um elétron do átomo de hidrogênio girando em órbita estável ao redor do núcleo desse átomo. A frequência com que ele gira é altíssima. 

A figura destaca o eixo perpendicular ao plano da trajetória do elétron e que contém o centro da trajetória e um ponto P do eixo, próximo ao núcleo do átomo.

O movimento desse elétron produz, no ponto P, um campo elétrico

a) variável e um campo magnético de intensidade constante, mas de direção variável.   

b) de intensidade constante, mas de direção variável, e um campo magnético constante.   

c) e um campo magnético, ambos de intensidades constantes, mas de direções variáveis.   

d) e um campo magnético, ambos de intensidades variáveis, mas de direções constantes.   

e) de intensidade constante, mas de direção variável, e um campo magnético variável.   

13. (Usf 2018) Um equipamento hospitalar de última geração contém uma bobina composta por 200 espiras com raio de 5 cm, com resistência elétrica de 0,001 ohm por centímetro. A bobina é ligada a uma fonte de tensão que suporta uma corrente elétrica máxima de 6 A, e que apresenta uma resistência interna de 2 ohms. Quando uma corrente elétrica passa por ela, há a geração de um campo magnético. O módulo do vetor indução magnética no centro dessa espira é aproximadamente igual a

Dados: utilize, caso necessário, π = 3 e considere a permeabilidade magnética do meio como sendo 4 π . 10-7 T . m/A. 

a) 1,2 . 10-4 T;   

b) 1,2 . 10-3 T.   

c) 3,6 . 10-3 T.   

d) 2,4 . 10-4 T.   

e) 4,8 . 10-3 T.   


 
14. (Espcex (Aman) 2014) Dois fios “A” e “B” retos, paralelos e extensos, estão separados por uma distância de 2 m. Uma espira circular de raio igual a  π/4 m encontra-se com seu centro “O” a uma distância de 2 m do fio “B”, conforme desenho abaixo.


A espira e os fios são coplanares e se encontram no vácuo. Os fios “A” e “B” e a espira são percorridos por correntes elétricas de mesma intensidade i= 1 A com os sentidos representados no desenho. A intensidade do vetor indução magnética resultante originado pelas três correntes no centro “O” da espira é:

Dado: Permeabilidade magnética do vácuo: μ0 = 4π · 10-7 T · m / A
a) 3,0 ·  10-7 Tb) 4,5 ·  10-7 T
c) 6,5 ·  10-7 T
d) 7,5 ·  10-7 T
e) 8,0 ·  10-7 T

15. (CPS 2014) Uma das hipóteses, ainda não comprovada, sobre os modos como se orientam os animais migratórios durante suas longas viagens é a de que esses animais se guiam pelo campo magnético terrestre. Segundo essa hipótese, para que ocorra essa orientação, esses animais devem possuir, no corpo, uma espécie de ímã que, como na bússola, indica os polos magnéticos da Terra.

De acordo com a Física, se houvesse esse ímã que pudesse se movimentar como a agulha de uma bússola, orientando uma ave que migrasse para o hemisfério sul do planeta, local em que se encontra o polo norte magnético da Terra, esse ímã deveria

a) possuir apenas um polo, o sul.
b) possuir apenas um polo, o norte.
c) apontar seu polo sul para o destino.
d) apontar seu polo norte para o destino.
e) orientar-se segundo a linha do Equador.

16. (IFSP 2014) As bússolas são muito utilizadas até hoje, principalmente por praticantes de esportes de aventura ou enduros a pé. Esse dispositivo funciona graças a um pequeno imã que é usado como ponteiro e está dividido em polo norte e polo sul. Geralmente, o polo norte de uma bússola é a parte do ponteiro que é pintada de vermelho e aponta, obviamente, o Polo Norte geográfico.

Na Física, a explicação para o funcionamento de uma bússola pode ser dada porque as linhas de campo magnético da Terra se orientam

a) do polo Sul magnético ao polo Leste magnético.
b) do polo Norte magnético ao polo Sul magnético.
c) na direção perpendicular ao eixo da Terra, ou seja, sempre paralelo à linha do Equador.
d) na direção oblíqua ao eixo da Terra, ou seja, oblíqua à linha do Equador.
e) na direção do campo gravitacional.

17. (Unesp 2014) A figura é o esquema simplificado de um disjuntor termomagnético utilizado para a proteção de instalações elétricas residenciais. O circuito é formado por um resistor de baixa resistência R; uma lâmina bimetálica L, composta pelos metais X e Y; um eletroímã E; e um par de contatos C. Esse par de contatos tende a abrir pela ação da mola M2, mas o braço atuador A impede, com ajuda da mola M1. O eletroímã E é dimensionado para atrair a extremidade do atuador A somente em caso de corrente muito alta (curto circuito) e, nessa situação, A gira no sentido indicado, liberando a abertura do par de contatos C pela ação de M2.

De forma similar, R e L são dimensionados para que esta última não toque a extremidade de A quando o circuito é percorrido por uma corrente até o valor nominal do disjuntor. Acima desta, o aquecimento leva o bimetal a tocar o atuador A, interrompendo o circuito de forma idêntica à do eletroímã.

(www.mspc.eng.br. Adaptado.)

Na condição de uma corrente elevada percorrer o disjuntor no sentido indicado na figura, sendo αe αy os coeficientes de dilatação linear dos metais X e Y, para que o contato C seja desfeito, deve valer a relação __________ e, nesse caso, o vetor que representa o campo magnético criado ao longo do eixo do eletroímã apontará para a __________.

Os termos que preenchem as lacunas estão indicados correta e respectivamente na alternativa
a)  αx > αy... esquerda.
b) αx < αy... esquerda.
c)  αx > αy... direita.
d)  αx = αy... direita.
e)  αx < αy... direita.

18. (Fuvest 2014)  Partículas com carga elétrica positiva penetram em uma câmara em vácuo, onde há, em todo seu interior, um campo elétrico de módulo E e um campo magnético de módulo B, ambos uniformes e constantes, perpendiculares entre si, nas direções e sentidos indicados na figura. As partículas entram na câmara com velocidades perpendiculares aos campos e de módulos v1 (grupo 1), v2 (grupo 2) e v3(grupo 3). As partículas do grupo 1 têm sua trajetória encurvada em um sentido, as do grupo 2, em sentido oposto, e as do grupo 3 não têm sua trajetória desviada. A situação está ilustrada na figura abaixo.

Considere as seguintes afirmações sobre as velocidades das partículas de cada grupo:

I. v1 > v2 e v1 > E/BII. v1 < v2 e v1< E/BIII. v3 = E/B

Está correto apenas o que se afirma em

Note e adote: Os módulos das forças elétrica (FE) e magnética (FM) são: FE = qEFM = qvB

a) I.
b) II.
c) III.
d) I e III.
e) II e III.

19. (IFSP 2013)  Um professor de Física mostra aos seus alunos 3 barras de metal AB, CD e EF que podem ou não estar magnetizadas. Com elas faz três experiências que consistem em aproximá-las e observar o efeito de atração e/ou repulsão, registrando-o na tabela a seguir.

Após o experimento e admitindo que cada letra pode corresponder a um único polo magnético, seus alunos concluíram que

a) somente a barra CD é ímã.
b) somente as barras CD e EF são ímãs.
c) somente as barras AB e EF são ímãs.
d) somente as barras AB e CD são ímãs.
e) AB, CD e EF são ímãs.




Axact

Recomendamos

O espaço virtual do estudante!

Postar um comentário:

0 comentários: