1. e) o liberalismo econômico – a privatização – o congelamento – Consenso de Washington 

2. e) por corrupção, quando a imprensa des­cobriu que Paulo Cesar Farias, ex-tesou­reiro de campanha, operava negócios obscuros. 

3. d) ao apoio da grande mídia a Fernando Collor de Mello que, depois de eleito presidente em 1989, renunciou devido um processo de impeachment, em meio a acusações feitas pela mídia e por seu próprio irmão. 

4. d) legitimidade da mobilização popular. 

5. c) Apesar do processo de impedimento que determinou o afastamento da presidência da república, Fernando Collor não teve seus direitos políticos cassados e nas eleições seguintes foi eleito senador pelo Estado de Alagoas. 

6. a) No dia de sua posse, Fernando Collor de Mello confiscou cerca de 80% do dinheiro que circulava no país. 

7. a) A rede de corrupção montada por Collor e por seu tesoureiro, Paulo César Farias, conhecida como "Esquema PC". 

8. b) das lutas políticas de setores progressistas da sociedade brasileira, que objetivavam resgatar o direito ao voto direto para presidência da República que tinha sido abolido pelo Ato Institucional no 2, em 1965. 

9. a) de grande impacto na história recente do Brasil e teve efeitos negativos na trajetória política de Fernando Collor, o que fez com que seus atuais aliados se empenhem em desmerecer este episódio, tentando diminuir a importância que realmente teve. 

10. c) Assumiu a presidência após o processo de impeachment do presidente Fernando Collor de Mello e, com seu ministro Fernando Henrique Cardoso, implementou o Plano Real. 

11. b) ascensão de um governo marcado por escândalos políticos, terminando na deposição do presidente. 

12. c) política de abertura econômica com práticas neoliberais implementadas a partir de sucessivos planos estatais. 

13. b) privatização de empresas estatais em diversos setores como os de comunicação e de mineração. 

14. b) o Plano Collor, implementado em 1990, que determinou o confisco de ativos financeiros e eliminou incentivos fiscais em vários setores da economia. 

15. d) objetivou a privatização de empresas estatais; diminuiu as restrições à presença do capital estrangeiro no Brasil; gerou a ampliação das importações e eliminaram-se subsídios, especialmente das tarifas públicas. 

16. c) prometeu amplas e renovadoras políticas de modernização econômica 

17. b) os erros políticos, administrativos e econômicos cometidos por ele geraram incertezas quanto ao futuro do país. 

18. d) abertura da economia aos produtos estrangeiros 

19. c) o Plano Real provocou o aumento das taxas de desemprego nas regiões metropolitanas, em razão, entre outras, da política de juros altos, da redução do deficit público e da política de privatizações das estatais.




Axact

Recomendamos

O espaço virtual do estudante!

Postar um comentário:

1 comentários: