As cidades perdidas do Xingu


O que havia na floresta antes da colonização européia? Um artigo publicado na revista científica Science dá uma resposta surpreendente: a região do Xingu foi o berço de uma civilização urbana, organizada politicamente e integrada culturalmente. Um grupo de até 50 mil pessoas dominou um território de 30.000 quilômetros quadrados (do tamanho de Alagoas). Elas moravam em vilas interligadas por uma rede de estradas. “As cidades surgiram no século IX e essa sociedade atingiu seu apogeu no século XIII”, diz Michael Heckenberger, arqueólogo da Universidade da Flórida que realiza escavações na região há dez anos. “Encontramos vestígios de vilas onde moravam até 5 mil pessoas. É um fato inédito nas sociedades pré-colombianas”, afirma Carlos Fausto, antropólogo do Museu Nacional. Além de Fausto, a pesquisa teve co-autoria de um cacique, Afukaka Kuikuro. Epidemias e guerras teriam dizimado a população antes da chegada dos europeus à região, em 1750. “Eles tinham uma cultura integrada com a floresta. Grande parte da biodiversidade atual da Amazônia pode ser fruto da presença desses índios pré-colombianos”, diz

Disponível em http://revistaepoca.globo.com

Compartilhe no Google Plus

Sobre Portal do Vestibulando

O objetivo do site é fornecer material didático a todas as pessoas que buscam ampliar seus conhecimentos, vestibulandos ou não. Assim, caso você precise de algum material específico, entre em contato conosco para que possamos disponibilizá-lo!