Nova República - Lula - Dilma Rousseff - Questões de Vestibulares

1. (Pucpr 2016)  O rompimento da barragem da Samarco Mineração no distrito de Bento Rodrigues, em Mariana, Minas Gerais, no dia 05 de novembro de 2015, retomou o debate sobre a privatização da Companhia Vale do Rio Doce. Sobre essa medida do Governo Federal, assinale a alternativa CORRETA.
a) A privatização da Vale do Rio Doce foi encabeçada pelo governo de Fernando Collor de Mello, que tinha uma postura política vinculada ao neoliberalismo mundial.   
b) A privatização da Vale do Rio Doce, no governo de Fernando Henrique Cardoso, e teve como principal objetivo atrair o capital produtivo internacional.   
c) A privatização da Vale do Rio Doce foi negociada no governo do Itamar Franco, como medida de combate à inflação, que alcançou o percentual de 1764 no ano de 1989.   
d) A privatização da Vale do Rio Doce foi encabeçada pelo governo de Fernando Henrique Cardoso e foi uma medida consensual do ponto de vista político, uma vez que nenhum partido se opôs à ação.
e) A privatização da Vale do Rio Doce foi feita durante o primeiro governo Lula e teve como principal objetivo atrair o capital especulativo internacional.   
  
2. (Pucpr 2016)  A imagem a seguir, divulgada no site do jornal O Estado de São Paulo, retrata o movimento social de grupos que pedem o impeachment do governo de Dilma Roussef na manifestação de 16 de agosto de 2015.

Tendo em vista a experiência democrática brasileira, assinale a alternativa CORRETA.
a) Na ocasião do impeachment de Fernando Collor de Melo, a situação política do Brasil estava invertida: PSDB no poder executivo, PT na oposição. Tal fato ficou evidente na manifestação verde-amarela convocada por Collor em 1992, em que a oposição, representada, sobretudo, pelo Partido dos Trabalhadores, convocou a população a vestir negro em protesto contra a corrupção.   
b) Os grupos que se mobilizaram a favor do impeachment em agosto de 2015 têm base na experiência histórica da manifestação verde-amarela que tirou Sarney do poder e levou Fernando Collor de Melo à presidência em 1992.   
c) O afastamento de Fernando Collor de Melo do poder executivo brasileiro em 1992, resultado do processo de impeachment, foi um movimento organizado pelo poder legislativo e não contou, de forma alguma, com o apoio popular.   
d) Nas eleições de 1989, Fernando Collor de Melo contou com um amplo apoio da mídia, o que contribuiu para a sua vitória. Em 1992, após grande pressão popular, a Câmara dos Deputados votou pelo afastamento do presidente depois da investigação da CPI que, diferentemente do contexto político atual, confirmou a sua participação direta em um esquema de corrupção.   
e) Diferentemente da situação econômica do contexto das manifestações de 2015, o quadro econômico do país no governo Fernando Collor de Melo era estável e contava com a novidade do Plano Real. O impeachment foi resultado, sobretudo, da decepção com a corrupção na política na incipiente retomada da democracia no Brasil após os anos de Ditadura Militar.   
  
3. (IFCE 2016)  O movimento dos caras pintadas ocorreu no ano de 1992, quando milhões de brasileiros foram às ruas, liderados por jovens estudantes, pressionando pelo impeachment do então presidente da república Fernando Collor de Melo. Na atualidade, dois grandes movimentos de repercussão nacional levaram novamente milhões de jovens às ruas, sendo eles
a) a luta contra o aumento das passagens de ônibus urbanos em 2013 e contra o fechamento de escolas em São Paulo em 2015.   
b) a luta contra a privatização da Petrobrás em 2014 e pela derrubada do Presidente da Câmara dos Deputados em 2015.   
c) a luta contra a realização da Copa do Mundo e das Olimpíadas no Brasil em 2013 e a favor da permanência de Renan Calheiros na Presidência do Senado em 2014.   
d) a luta contra a tomada de empréstimos do FMI em 2014 e contra a adesão do Brasil à guerra ao terrorismo do Estado Islâmico em 2015.   
e) a luta contra a emenda da reeleição para Presidente da República em 2013 e a favor do impeachment da Presidente Dilma Roussef em 2015.   

4. (IFCE 2014) Em relação ao Brasil do início do século XXI, é correto afirmar-se que 
a) teve, com a eleição do presidente Lula, a continuidade das propostas neoliberais, tendo em vista ser este presidente forte defensor das ideias do Partido da Social Democracia Brasileira. 
b) no segundo governo Lula, 2007 a 2010, o programa social Bolsa Família foi extinto, tendo em vista o modelo econômico brasileiro ter ultrapassado a inclusão social, não necessitando mais de ações assistencialistas. 
c) com a eleição de Dilma Rousseff à Presidência da República, os partidos PSDB e PFL passaram a compor o governo, apoiando o novo programa de desenvolvimento econômico do país, o PRONATEC, que defende a nacionalização de todas as empresas estrangeiras. 
d) o governo de Dilma Rousseff sofreu uma forte crise de contestação às suas ações, como contra a corrupção em diversos setores e esferas no país, no período que antecedeu a Copa das Confederações em 2013. 
e) em atitude semelhante à de Getúlio nos anos de 1950, ao criar a PETROBRÁS, a Presidente Dilma Rousseff conseguiu, com apoio do Congresso Nacional, garantir a exclusiva exploração do Petróleo na camada Pré-Sal, impedindo o loteamento desta camada para empresas estrangeiras. 

5. (Ufsc 2004) Assinale a(s) proposição(ões) VERDADEIRA(S) referente(s) a acontecimentos históricos relevantes ocorridos no Brasil nos primeiros anos do século XXI. 

FOLHA DE SÃO PAULO. São Paulo: 29 jun. 2003 p. A2 

01) No Brasil um cidadão nordestino e metalúrgico foi eleito pelo Partido dos Trabalhadores, aliado a outros partidos, para ocupar o cargo de Presidente da República.
02) Com a eleição de um presidente filiado ao Partido dos Trabalhadores, as mulheres passaram a ter seus salários equiparados aos dos homens quando no exercício da mesma profissão. E os estudantes negros passaram a ter direito a cotas nas universidades públicas.
04) Mesmo pertencendo aos quadros do Partido dos Trabalhadores, Luiz Inácio Lula da Silva, já no exercício da presidência, não conseguiu impedir que as lideranças do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra, descontentes com o ritmo da reforma agrária, promovessem invasões de propriedades rurais.
08) Os trabalhadores, empresários e o Movimento dos Trabalhadores Sem Terra demonstraram publicamente seu apoio ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva evitando críticas, greves e invasões de propriedades rurais após sua posse.
16) Os servidores públicos descontentes com a proposta de reforma da Previdência, encaminhada ao Congresso Nacional pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, manifestaram publicamente o seu descontentamento.

6. (Pucmg 2010) O PAC (Programa de Aceleração do Crescimento, do governo Lula), lançado em 2007 pela Ministra da Casa Civil Dilma Rouseff, tem inspiração nas teses de desenvolvimentistas criadas na década de 60: 
a) pela OEA (Organização dos Estados Americanos). 
b) pela UNESCO (Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura). 
c) pela CEPAL (Comissão Econômica para América Latina). 
d) pelo FMI (Fundo Monetário Internacional). 

7. (Cftce 2005) Em relação à Nova República, é COERENTE afirmar que: 
a) o Plano Cruzado, no governo Sarney, marcou o processo de estabilização da economia brasileira, pondo fim à especulação financeira e à centralização da renda 
b) no processo eleitoral de 1989, confirmou-se a implantação da democracia no Brasil, com a participação de candidatos de várias tendências políticas, em que o vencedor, no final do segundo turno, foi o candidato do PT, Lula, que assumiu a presidência pela primeira vez 
c) o Plano Real, lançado no primeiro ano de governo de Fernando Henrique Cardoso, deixou o povo brasileiro num período de expectativa de consumo; após as eleições de 1998, foi substituído por outro plano que causou grande frustração na população, com a perda do poder aquisitivo 
d) o Plano Collor, que ficou marcado pelo confisco das poupanças, tanto garantiu a segurança dos direitos sociais dos trabalhadores como rejeitou as imposições neoliberais do FMI 
e) no governo Lula, um dos principais aspectos da política social é o programa Fome Zero, que caracteriza muito claramente a preocupação do governo com as camadas mais humildes do país 

8. (Pucrs 2005) Considere as afirmativas a seguir, sobre fatos relacionados à política interna do Governo Luís Inácio Lula da Silva. 

  • I. Foi criado o programa "Primeiro Emprego", como forma de combater o trabalho infantil e o escravo, em expansão em várias regiões do país.
  • II. Ampliaram-se, através do ProUni, as vagas no ensino superior, para acolher alunos provenientes do ensino público e com renda familiar reduzida.
  • III. O Programa Fome Zero, taxado por vários representantes da sociedade civil de assistencialista, tem sido criticado pelos entraves burocráticos e pela forma de controle adotada para a concessão dos benefícios, que dificultam a expansão do programa.
  • IV. O Governo Federal reduziu significativamente os impostos visando a diminuir a carga tributária sobre a classe média e a produção industrial. 
Estão corretas as afirmativas 
a) I e II 
b) I e III 
c) II e III 
d) II e IV 
e) III e IV 

9. (Uepg 2010) A respeito da atual política nacional, assinale o que for correto. 
01) Dilma Roussef, ministra da Casa Civil, tem aparecido na mídia como possível candidata do Partido dos Trabalhadores à sucessão do presidente Lula.
02) José Sarney e Michel Temer, ambos do PMDB, ocupam, respectivamente, a presidência do Senado e da Câmara dos Deputados.
04) A partir de 1º de janeiro de 2009 novas regras ortográficas entraram em vigor no Brasil. Contudo, o Ministério da Educação estipulou que livros didáticos terão até 2012 para se adaptar a essas novas regras.
o8) A cidade italiana de Áquila, capital da província de mesmo nome, foi atingida por um forte terremoto que atingiu 6,3 graus na escala Richter. Surpreendentemente, não houve nenhum registro de morte nesse episódio.

10. O primeiro ano de Dilma Rousseff na Presidência teve dois grandes destaques: 
a) O aumento descontrolado da inflação, sobretudo nos produtos de linha branca e eletrônicos e o crescimento nas vendas de produtos importados.
b) O grande crescimento da classe média e o aumento do desemprego.
c) A diminuição das vendas dos produtos importados e o desemprego. 
d) o lançamento de programas sociais e econômicos e a saída de ministros do governo. 
e) maiores investimentos na educação e na saúde pública. 

11.A Presidente Dilma criticou a guerra cambial feita por países desenvolvidos. Ela afirmou que desenvolvidos agem de forma “perversa” com emergentes e disse também que países desenvolvidos fazem:
a) 'tsunami monetário' 
b) aumentar o valor da importação
c) diminuir o dólar comercial
d) aumentar o dólar comercial
e) a estabilização do dólar comercial no Brasil

12. Foi publicada no Diário Oficial da União do dia cinco de março de 2012 a resolução que diminui o imposto de importação do dissocianato de tolueno. A decisão foi tomada pelo Conselho de Ministros da Câmara de Comércio Exterior para:
a) que o dólar não continue subindo
b) evitar o possível desabastecimento do produto 
c) que seja possível um aumento salarial para os funcionários
d) que o dólar se estabilize em R$: 1,70
e) que seja contratado mais funcionários nas fabricas 

13. Durante a discussão da 66ªsessão da ONU a presidente do Brasil defendeu também 
a) o acordo global para combater a mudança climática. 
b) O fim das queimadas na floresta Amazônica.
c) O combate ao tráfego de armas químicas e nucleares.
d) A união dos povos e a criação de um único governo mundial.
e) De um acordo de paz mundial

14. (Ufu 2006) 

A foto anterior, publicada na "Folha de S. Paulo", em 07 de maio de 2005, mostra imagens de uma marcha dos trabalhadores sem-terra, entre Goiânia e Brasília. Ao final da marcha, representantes do movimento foram recebidos em audiência pelo Presidente Luiz Inácio Lula da Silva. 

Sobre os significados políticos dessa marcha e sobre o relacionamento entre o Movimento dos Trabalhadores Sem-Terra e o governo Lula, assinale a alternativa correta. 
a) A defesa do "impeachment" do Presidente Lula, em função das denúncias de corrupção no seu governo, foi a principal bandeira levantada pelo movimento dos trabalhadores sem-terra, na marcha de Goiânia à Brasília. 
b) Na audiência com o Presidente da República, os representantes do movimento dos trabalhadores sem-terra entregaram-lhe um documento que continha, entre outras reivindicações, a necessidade do governo aumentar significativamente o número de famílias assentadas até o fim de seu mandato, além de liberar crédito especial para os trabalhadores assentados. 
c) A marcha de Goiânia à Brasília unificou as organizações dos trabalhadores sem-terra que externaram, em documento, a sua completa desconfiança em relação ao Presidente da República, considerando-o representante dos setores conservadores da sociedade brasileira, portanto, sem nenhuma credibilidade para implementar os assentamentos de reforma agrária pretendidos. 
d) A decisão do Presidente Lula de compor seu governo com ministros do campo progressista foi determinante para lhe assegurar maioria no Congresso Nacional, possibilitando o cumprimento das promessas de campanha relativas ao número de assentamentos de reforma agrária e colocando fim aos conflitos e à violência no campo. Por isso, a marcha objetivou explicitar o apoio do movimento ao Presidente da República.

Compartilhe no Google Plus

Sobre Portal do Vestibulando

O objetivo do site é fornecer material didático a todas as pessoas que buscam ampliar seus conhecimentos, vestibulandos ou não. Assim, caso você precise de algum material específico, entre em contato conosco para que possamos disponibilizá-lo!