Compostos Iônicos - Questões de Vestibulares

1. (Cftmg 2013) Considere o esquema a seguir.



Em relação às situações apresentadas, afirma-se, corretamente, que em
a) I a lâmpada está acesa, devido à capacidade de condução de calor.
b) II a lâmpada está apagada, porque o açúcar é insolúvel na água.
c) II a lâmpada está apagada, pois o açúcar é uma substância composta.
d) I a lâmpada está acesa, devido à movimentação dos íons presentes na solução.

2. (CPS 2014) O sal faz uma grande viagem até chegar à nossa mesa.

No Brasil, as principais salinas produtoras de sal marinho estão localizadas nos estados do Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro, Ceará e Piauí; ficando os estados de Alagoas e Bahia responsáveis pela extração de sal-gema de minas.

Acredite, essa substância que hoje temos fartamente à disposição foi um dos bens mais desejados da história humana. Apesar de encher os oceanos, brotar de nascentes e rechear camadas subterrâneas, o sal já foi motivo de verdadeira obsessão e de guerras entre povos e nações.

Quimicamente, a definição de sal é bem simples: trata-se de uma substância produzida pela reação de um ácido com uma base. Como há muitos ácidos e bases, há vários tipos diferentes de substâncias que podem ser chamadas de sal.

O que chamamos popularmente de sal de cozinha, ou simplesmente sal, é o cloreto de sódio, que pode ser formado a partir da reação do ácido clorídrico com a soda cáustica (hidróxido de sódio).

A água do mar é a principal fonte desse sal, porém ele também pode ser encontrado em jazidas subterrâneas, fontes e lagos salgados.
(super.abril.com.br/ciencia/imperio-sal-443351.shtml Acesso em: 16.08.2013 e dnpm.gov.br/assets/galeriaDocumento/SumarioMineral2008/salmarinho.pdf Acesso em: 22.08.2013. Adaptados)
A análise do texto permite concluir, corretamente, que o sal
a) é denominado cloreto de sódio, quando produto da reação entre ácido clorídrico e hidróxido de sódio.
b) pode ser encontrado somente em jazidas subterrâneas, fontes e lagos.
c) tem, como principal fonte, uma reação entre um ácido e uma base.
d) vem de salinas presentes em todos os estados do país.
e) é obtido por uma reação química entre dois ácidos.

3. (IFCE 2014) Um elemento “A”, de número atômico 20, e outro “B”, de número atômico 17, ao reagirem entre si, originarão um composto
a) molecular de fórmula AB2.
b) molecular de fórmula A2B. 
c) iônico de fórmula AB.
d) iônico de fórmula AB2.
e) iônico de fórmula A2B.

4. (Unesp 2014) Três substâncias puras, X, Y e Z, tiveram suas condutividades elétricas testadas, tanto no estado sólido como no estado líquido, e os dados obtidos encontram-se resumidos na tabela.

Com base nessas informações, é correto classificar como substância(s) iônica(s)

a) Y e Z, apenas.
b) X, Y e Z.
c) X e Y, apenas.
d) Y, apenas.
e) X, apenas.

5. (Pucrs 2014) Em nossa sociedade, o carvão mineral é uma importante fonte energética. A existência de grandes jazidas e a facilidade de exploração fazem com que seu uso por usinas termelétricas, como por exemplo a de Candiota, tenha baixo custo econômico. Contudo, há desvantagens no uso do carvão mineral: o principal componente do carvão, no momento da queima, produz dióxido de carbono gasoso, conhecido por provocar o aquecimento global. Além disso, o carvão mineral de muitas regiões possui elevado teor de cinzas, o que diminui seu rendimento como fonte de energia; esse é o caso do carvão encontrado no Rio Grande do Sul. Como se não bastassem essas desvantagens, o carvão mineral muitas vezes encontra-se misturado com um mineral chamado pirita, que é um sulfeto de ferro, popularmente conhecido como ouro-de-tolo. No momento da queima do carvão, a pirita que estiver presente é oxidada com produção de dióxido de enxofre, poluente gerador de chuva ácida e altamente nocivo à vegetação.
Sobre esse assunto, são feitas as seguintes afirmações:
  • I. O principal componente do carvão é o mesmo elemento que compõe o grafite e o diamante.
  • II. O ouro-de-tolo é um composto iônico, podendo ser sintetizado pela reação direta entre ácido sulfúrico e um hidróxido de ferro.
  • III. A reação de combustão do carvão é classificada como exotérmica, pois ocorre com liberação de calor.
  • IV. O carvão pode contribuir para a formação de chuva ácida, que é a acidificação do solo e de lagos pela elevação do pH.
Estão corretas apenas as afirmações
a) I e II.
b) I e III.

c) I e IV.

d) II e III.

e) II e IV.


6. (Ufrgs 2014) Os xampus têm usualmente, como base de sua formulação, um tensoativo aniônico, como o laurilsulfato de sódio [CH3(CH2)11OSO2O-Na+]. Cloreto de sódio é adicionado na faixa de 0,2 a 0,6% para aumentar a viscosidade dos xampus. Nos últimos anos, têm aparecido no mercado muitos xampus com a denominação sem sal*.
O asterisco indica que não foi adicionado cloreto de sódio. Nesses casos, normalmente pode ser usado o cloreto de potássio como agente espessante.
Considere as afirmações abaixo, sobre a situação descrita.
  • I. Se um xampu contém laurilsulfato de sódio, então necessariamente ele contém um sal na sua composição.
  • II. Se um xampu contém laurilsulfato de sódio e cloreto de potássio na sua formulação, então, apesar de não ter sido adicionado cloreto de sódio, o produto final contém ânions cloreto e cátions sódio.
  • III. A semelhança entre o laurilsulfato de sódio e o cloreto de sódio é que ambos apresentam o mesmo ânion.
Quais estão corretas?
a) Apenas I.
b) Apenas II.
c) Apenas III.
d) Apenas I e II.
e) I, II e III.

7. (Uece 2014) Considere quatro elementos químicos representados por: G, J, X e Z. Sabendo-se que os elementos J e G pertencem ao mesmo grupo da tabela periódica, e que os elementos J, X e Z apresentam números atômicos consecutivos, sendo X um gás nobre, é correto afirmar-se que
a) os elementos J e G apresentam potenciais de ionização idênticos por possuírem o mesmo número de elétrons no último nível.
b) o composto formado por J e Z é iônico e sua fórmula química é ZJ.
c) o composto formado por G e Z é molecular e sua fórmula química é ZG2.
d) o composto JX apresenta ligação coordenada.


8. (CPS 2012) A energia que cada alimento possui será gradativamente liberada e utilizada pelo corpo para a realização de várias funções, como digestão, respiração, prática de exercícios...

Imagine que um aluno de uma Etec consumiu em seu almoço 4 colheres de sopa de arroz com feijão; salada com 3 folhas de alface e meio tomate, temperada com meia colher de sopa de azeite, meia colher de sopa de vinagre e uma pitada de sal; 1 copo de suco natural de abacaxi; 1 coxa de frango e, quando saiu da mesa, não resistiu aos brigadeiros, que sua irmã trouxe da festa de uma amiguinha, comendo 2 de sobremesa.

(http://www.faac.unesp.br/pesquisa/nos/bom_apetite/tabelas/cal_ali.htm Acesso em: 02.08.2011. Adaptado)
Sobre os alimentos ingeridos pelo aluno, é correto afirmar que
a) o tomate é um legume.
b) o vinagre apresenta caráter básico.
c) o azeite de oliva é uma fonte de proteína.
d) o principal componente do sal de cozinha é o cloreto de sódio.
e) os alimentos liberam energia para nosso organismo em processo endotérmico.

9. (Enem PPL 2012) A fosfatidilserina é um fosfolipídio aniônico cuja interação com cálcio livre regula processos de transdução celular e vem sendo estudada no desenvolvimento de biossensores nanométricos. A figura representa a estrutura da fosfatidilserina: 

Com base nas informações do texto, a natureza da interação da fosfatidilserina com o cálcio livre é do tipo
Dado: número atômico do elemento cálcio: 20
a) iônica somente com o grupo aniônico fosfato, já que o cálcio livre é um cátion monovalente.

b) iônica com o cátion amônio, porque o cálcio livre é representado como um ânion monovalente.

c) iônica com os grupos aniônicos fosfato e carboxila, porque o cálcio em sua forma livre é um cátion divalente.

d) covalente com qualquer dos grupos não carregados da fosfatidilserina, uma vez que estes podem doar elétrons ao cálcio livre para formar a ligação.

e) covalente com qualquer grupo catiônico da fosfatidilserina, visto que o cálcio na sua forma livre poderá compartilhar seus elétrons com tais grupos.




Compartilhe no Google Plus

Sobre Portal do Vestibulando

O objetivo do site é fornecer material didático a todas as pessoas que buscam ampliar seus conhecimentos, vestibulandos ou não. Assim, caso você precise de algum material específico, entre em contato conosco para que possamos disponibilizar.