Embriologia - Questões de Vestibulares

1. (Udesc 2014)  O desenvolvimento embrionário é diversificado entre os diferentes grupos animais, e ocorre, de maneira geral, em três fases consecutivas. Assinale a alternativa correta quanto ao desenvolvimento embrionário dos anfioxos.a) A organogênese é a fase em que o arquêntero, ou intestino primitivo, é formado a partir da blastocele.
b) A gastrulação é o processo de formação dos órgãos, sendo possível visualizar o tubo neural e o intestino, ao final dessa fase.
c) A organogênese é o processo de transformação da blástula em gástrula.
d) A segmentação é um processo em que o zigoto sofre clivagens (divisões), originando os blastômeros.
e) A neurulação é o início da formação dos folhetos embrionários denominados ectoderme e endoderme, a partir da gástrula.


2. (Uepb 2013)  O esquema abaixo representa o processo de neuruIação em anfioxo. Identifique as estruturas indicadas por setas e assinale a alternativa cujas informações estão corretas.
a) 1 - tubo digestório; 2 - canal neural; 3 - notocorda; 4 - somitos; 5 - hipômero.
b) 1 - tubo digestório; 2- tubo neural; 3 - canal neural; 4 - notocorda; 5 - celoma.
c) 1 - celoma; 2 - notocorda; 3 - tubo neural; 4 - hipômero; 5 - somito.
d) 1 - tubo digestório; 2 - notocorda; 3 - canal neural; 4 – somitos; 5 – celoma.
e) 1 - endoderma; 2 - tubo neural; 3 - notocorda; 4 - celoma; 5 - somito.


3. (Uern 2013)  A figura a seguir mostra o desenvolvimento embrionário de um ser humano e apresenta, numerados, os anexos embrionários que o feto necessita para o seu desenvolvimento. 


Analise as afirmativas.


I. A vesícula vitelina, representada pelo número 1, não é necessária nos mamíferos, ela se atrofia gradativamente e desaparece. No parto, aparece junto com alantoide reduzida a vestígios no cordão umbilical.


II. Os números 5 e 6 representam a cavidade amniótica e o córion. A cavidade amniótica protege o feto contra choques mecânicos e o córion envolve a cavidade amniótica.


III. O número 3 indica a placenta, que é o principal contato do feto com a mãe, facilitando a entrada do oxigênio e dos nutrientes e eliminando as excretas do embrião na circulação materna.


IV. O alantoide, representado pelo número 2, é bem reduzido, se une ao córion e à mucosa uterina para formar a placenta.


V. O âmnio, representado pelo número 4, protege todo o feto e os anexos embrionários.


Estão corretas apenas as afirmativas


a) I, II e V.
b) III e IV.
c) II e V.
d) I, III e IV.


4. (Ufsj 2013)  Analise o cladograma abaixo
No cladograma apresentado, as letras X e Y poderiam ser substituídas corretamente por
a) clivagem espiral e notocorda.
b) esquizocelia e protostomia.
c) enterocelia e deuterostomia.
d) endosqueleto calcário e fendas na faringe.


5. (Upe 2012)  A novela O Clone foi exibida novamente pela Rede Globo. A trama assinada por Glória Perez conta a história de amor entre Lucas (Murilo Benício) e Jade (Giovanna Antonelli).


Entre outros temas polêmicos, a novela aborda a clonagem humana. A história tem início quando Jade, filha de muçulmanos – nascida e criada no Brasil – é obrigada a se mudar para Marrocos. Nessa terra distante, Jade conhece o brasileiro Lucas que está viajando pelo país, em companhia de seu irmão gêmeo, Diogo (Murilo Benício), do seu pai Leônidas (Reginaldo Faria) e do cientista Albieri (Juca de Oliveira). Enquanto Lucas e Jade vivem o romance proibido, Diogo volta ao Brasil e morre em um acidente de helicóptero. Abalado pela morte do afilhado, o cientista Albieri decide clonar o outro gêmeo, Lucas, como forma de trazer Diogo de volta e realizar um sonho: ser o primeiro a realizar a clonagem de um ser humano. Sem que ninguém tome conhecimento da experiência, Albieri usa as células de Lucas na formação do embrião e o insere em Deusa (Adriana Lessa) que pensa estar fazendo uma inseminação artificial comum. O geneticista faz o primeiro clone humano, que se chama Leandro (Murilo Benício), mais conhecido como Léo. Quando a história da criação do clone vem a público, Deusa – a “mãe de aluguel” – e Leônidas – o “pai biológico” – disputam Léo na Justiça. Léo é considerado filho de Leônidas e Deusa. No final da história, Albieri e Léo – criador e criatura – desaparecem nas dunas do deserto do Saara.
Fonte: adaptado de: http://memoriaglobo.globo.com/Memoriaglobo/0,27723,GYN0-5273-229915,00.html


Sobre esse caso fictício de clonagem humana e tomando-se como base conhecimentos científicos, analise as afirmativas a seguir:


I. Lucas e Diogo são gêmeos monozigóticos, que se formaram de um mesmo óvulo, fecundado por dois espermatozoides que geraram dois indivíduos do mesmo sexo e idênticos geneticamente.


II. O perfil do DNA mitocondrial de Léo é diferente do perfil do DNA de Lucas, do qual Léo foi clonado, visto que o genoma mitocondrial tem como origem a herança genética materna. Como na clonagem foi utilizado o óvulo de Deusa, as mitocôndrias do clone derivaram, ao menos, em parte, dessa célula.


III. O cientista Albieri utilizou uma célula diploide de Lucas ou apenas o seu núcleo e fundiu com um óvulo de Deusa, do qual anteriormente removeu o núcleo haploide. Após o desenvolvimento embrionário in vitro, o embrião foi implantado em Deusa, e a gestação prosseguiu, resultando no nascimento de Léo.


IV. As células sanguíneas de Léo foram, em parte, herdadas de Deusa através do cordão umbilical, que contém vaso que leva o sangue arterial da mãe para o feto, visto que o desenvolvimento embrionário de Léo ocorreu no corpo de Deusa.


V. O mesmo padrão genético herdado pelos gêmeos Lucas e Diogo do seu pai biológico Leônidas deve ser encontrado no clone Léo, justificando a decisão da justiça em considerá-lo pai de Léo.


Estão corretasa) I e II.
b) I e III.
c) II, IV e V.
d) II, III e IV.
e) II, III e V.


6. (Uespi 2012)  A figura abaixo mostra um dos estágios do desenvolvimento embrionário observado em vários grupos animais. Sobre este tema é correto afirmar que: 
a) nesse estágio, é definido o plano corporal do organismo.
b) o blastóporo (1) dará origem ao ânus nos vertebrados.
c) a figura mostra a blástula, estágio em que a blastocela (2) está repleta de líquido.
d) o arquêntero (2) originará a boca nos moluscos e artrópodes.
e) as células que originarão o sistema nervoso migram da periferia (3) para o interior do embrião.


7. (Unioeste 2012)  Gastrulação é um processo em que as células embrionárias sofrem um rearranjo originando uma estrutura denominada de gástrula, onde o plano corporal do futuro animal é definido. Sobre a migração de células no processo de gastrulação (figura abaixo), é correto afirmar que
a) 1 representa o processo de embolia.
b) 2 representa o processo de epibolia.
c) 3 representa o processo de delaminação.
d) 4 representa o processo de ingressão.
e) 5 representa o processo de involução.


8. (Ufu 2012)  No estágio de gástrula da maioria das espécies animais, os blastômeros diferenciam-se em três conjuntos de células conhecidos por folhetos germinativos.Esses folhetos germinativos formam todos os tecidos corporais, sendo quea) o folheto mais externo (ecdoderma) origina os músculos, ossos, sistema cardiovascular e sistema urogenital.
b) o folheto mais interno (endoderma) origina o revestimento interno do tubo digestivo, as glândulas associadas à digestão e o sistema respiratório (brânquias ou pulmões).
c) o folheto que se localiza entre o ectoderma e o endoderma é chamado de mesoderma, e origina a epiderme e o sistema nervoso. d) os cnidários, os poríferos e todos os mamíferos possuem somente dois folhetos germinativos e são nomeados de diblásticos.



Compartilhe no Google Plus

Sobre Portal do Vestibulando

O objetivo do site é fornecer material didático a todas as pessoas que buscam ampliar seus conhecimentos, vestibulandos ou não. Assim, caso você precise de algum material específico, entre em contato conosco para que possamos disponibilizá-lo!